segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

VINHO NACIONAL (DOS BRASILEIROS)


Condenado por lavagem de dinheiro e cumprindo prisão domiciliar em São Paulo, o deputado federal cassado Paulo Maluf colocou sua adega à venda.

Trata-se de uma das mais célebres adegas do País.

Maluf é tido como o maior colecionador de Romanée-Conti do Brasil. E das melhores safras, ou seja, as de 1961, 1966, 1971, 1978, 1985 e 1990. 

Aliás, o mais caro dos vinhos oferecidos é uma garrafa magnum (de 1,5 litro) do Romanée-Conti, safra 1971. Maluf pede por esse néctar da Borgonha US$ 66,8 mil, o equivalente a R$ 258 mil.

Informações dão conta que estão disponíveis para a comercialização, 862 garrafas das melhores safras dos grandes vinhos da Borgonha. 

Quem se interessar, vai pagar um total de US$ 3.889 milhões (cerca de R$ 15 milhões).

Os negócios serão fechados com pagamentos em dinheiro vivo.

É a vida...

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: