quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

VEJA ! DIFÍCIL SOBREVIVER COM PAPEL


Ao fechar a venda de 100% das ações do Grupo Abril a Fábio Carvalho, negócio anunciado no início da tarde, a família Civita não só sai do comando daquele que já foi um dos maiores grupos editoriais do país, como deixa uma dívida de nada menos que R$ 1,6 bilhão com funcionários, bancos e fornecedores.
Mesmo sob o novo controlador, os credores da editora devem reaver apenas uma fração daquilo que lhes é devido. 

Pelos termos do acordo assinado, os irmãos Giancarlo e Victor Civita, netos do fundador do grupo, ficam livres de quaisquer ônus e Fabio Carvalho assume a responsabilidade por todo o endividamento da empresa. 

Essa foi uma condição da família para aceitar ceder o controle da Abril, que está em recuperação judicial desde agosto.

Valor

Viver é Perigoso

3 comentários:

Aldo Gonçalves disse...

E a Veja, volta à linha original, ou continua na beira da privada?

Anônimo disse...

Edson, na terrinha a coisa também está feia.

https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2018/12/21/passos-fecha-mais-de-400-vagas-formais-de-trabalho-em-novembro-aponta-caged.ghtml

Edson Riera disse...

Aldo,

Toda a mídia impressa está com dificuldade no mundo. A Veja teve fases extraordinárias e prestou grandes serviços ao Brasil, denunciando e mostrando verdades ocultas. Mas tudo tem fase. Pessoas mudam.

Zelador