sábado, 15 de dezembro de 2018

SUJOU


As ações da Johnson&Johnson, o gigante dos produtos de higiene e de farmácia, despencaram 10% na sexta-feira em Wall Street. 

A enorme queda das ações veio após a Reuters publicar que a empresa sabia há quarenta anos que seus talcos em pó estavam contaminados por amianto, algo que a J&J desmentiu diversas vezes. 

A informação da agência, baseada em memorandos e relatórios confidenciais da empresa, afirma que a J&J sabia da presença de pequenas quantidades de asbesto em seus produtos desde 1971. 

A multinacional se submeteu a vários julgamentos coletivos por parte de mulheres que dizem ter sido vítimas da fibra cancerígena e acumula 10.000 processos ainda pendentes relacionados especialmente ao seu produto Johnson’s Baby Powder. 

Em meio às batalhas legais e com o relatório da Reuters, a empresa protagonizou a maior queda porcentual na bolsa nos últimos 16 anos. (deu no El País)

Viver é Perigoso


Nenhum comentário: