domingo, 30 de dezembro de 2018

É A VIDA ...


Como a maioria dos brasileiros, pelas informações publicadas, pelas companhias e por sua história política, também não aprovo o Senhor Michel Temer.  

Temer, substituiu a Dilma Rousseff no dia 12 de maio de 2016. E embora já vá tarde, teve um papel importantíssimo na salvação do País. O tempo mostrará isso.

Assumiu um PIB negativo de 5% e o está entregando em torno de 3% positivo. 

Não é preciso números, índices, estatísticas e gráficos para imaginar o Brasil com Dilma á frente, pelos anos de 2016, 2017 e 2018. Assustador !

Inimaginável esse pessoal, que hoje se encontra atrás das grades, nas ante-salas do poder. Lembrem-se: Lula foi nomeado Ministro. E a Gleisi na chefia da Casa Civil ? 

E a comunhão próxima com o governo (ou seria desgoverno ?) Maduro e países africanos sob ditaduras ? e a parceria com Cuba ? E as últimas eleições com a participação de Lula como candidato ?

E a parceria em Minas Gerais com o Fernando Pimentel ?

Imagino que exclamarei praticamente sozinho, talvez até um pouco envergonhado, mas, grato Dr. Michel Temer. Seu governo não nos distanciou tanto da beira do abismo, mas evitou que despencássemos.

Suas pendências pessoais com a justiça é outra história. Como outro simples mortal brasileiro terá que se explicar. É a vida.

Por enquanto, meu muito obrigado.

Viver é Perigoso  

4 comentários:

Anônimo disse...

Não está sozinho zelador. Concordo em número, gênero e grau. E também está propiciando uma transição tranquila, civilizada. Que Deus continue a nos acompanhe em 2019. observador da cena.

ANSELMO disse...

Tenho o mesmo sentimento envergonhado.

Edson Riera disse...

Anselmo -

Vamos acenar de longe e por detrás de uma árvore, onde ninguém nos veja.

Abraço.

Zelador (um dos três mosqueteiros)

Edson Riera disse...

Observador de Cena -

Grato pela sua companhia, sempre atenta e coerente, durante todo o ano que se encerra.

Abraço

Zelador