segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

NO PARAÍSO


Aconteceu na sexta-feira, bem próximo das 18:00 horas. A Avenida Paulista estava ali adiante. A estação do Metro mais próxima leva o nome do bairro: Paraíso.

Um leve aperto de mãos e por encontrar-se abraçada com a neta Ana Clara, coube de minha parte um "Oi Meninas". De imediato a observação feita por ela à lindeza da Ana Clara:

- Atente, que você a menina número 2. Eu continuarei ser a menina 1.

Um olhar firme acompanhando as palavras: Viver é Perigoso.

Circulou lentamente o olhar úmido por todo o quarto. Conferiu a presença dos filhos, do Guilherme e de alguns dos netos e murmurou:

- Acho que já posso ir.  

Mais não foi dito e nem era preciso.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: