segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

A PRÓXIMA SESSÃO


Segundo informado, serão inauguradas em Itajubá, dentro em breve, quatro salas de cinema. Para quem estava quase pagão na área, será uma beleza (quase, pois funciona no centro da cidade uma sala de exibição).

Confesso, que com a popularização da Netflix e concorrentes, considerei e ainda levo em conta, os riscos do empreendimento. Mas os proprietários são experientes e devem ter estudado exaustivamente o mercado.

Uma surpresa agradável a notícia que a venda de ingressos de cinema nos EUA deverá subir 8% neste ano de 2018. O ano trouxe recordes como "Pantera Negra" (US$ 700 milhões), "Vingadores-Guerra Infinita (US$ 679 milhões).

Fazem séculos que não vou a um cinema. Nas idas recentes, em São Paulo, com os netos, deixo a sala de exibição nos primeiros minutos e vou esperar lá fora. Muita luz, muito ruído, do filme e dos comestíveis.

Sucesso.

Viver é Perigoso    

7 comentários:

Anônimo disse...

Caro Zelador. Não adianta mais, já são 6 anos só de desgostos e ainda temos 2 pela frente.
Agora nos resta concentrar nas eleições de 2020 e tentar mudar alguma coisa.
Vai ser difícil! Quanto mais dividir os votos mais fácil ficará para o Tião Riera levar mais 4 anos.
Os candidatos até agora são, o Dr. Ricardo apoiado pelo Chico e Pelo PT, a Leandra com uma mega estrutura proporcionada pelos mega-empresários do varejo das capitas, o Santi que deverá ter algum apoio local e o Candidato do Tião Riera.
Qual análise você faz, nesse momento, em relação ao candidato que o Tião Riera vai lançar?
Será o atual vice? A lei eleitoral permite que ele seja candidato? O Tião Riera confia nele?
E se o nome for um outro? Seria algum vereador atual? Alguma liderança de fora da política? Alguém do hospital escola?
Alguém da família do Tião Riera? Neste caso, quais estariam impedidos pela lei eleitoral?
Em relação à câmara de vereadores parece que a coisa estará pior que o executivo, será a primeira eleição em que as coligações proporcionais estarão proibidas. Soma-se a isso a diminuição do número de cadeiras para 11, com isso eleva-se o quociente eleitoral, para no mínimo uns 5.500 votos, qual partido em Itajubá, isoladamente, teve essa quantidade de votos nas eleições de 2016?
E se nenhum partido atingir quociente eleitoral o que acontece?
Mas, estamos correndo o risco de somente os 2 partidos do Tião Reira atingir essa quantidade votos e assim, ele ficará com as 11 vagas de vereador.
O que você está achando?
O povo que saber!! rsrs

Edson Riera disse...

O povo quer saber -

De uma coisa quase posso afirmar: O Marcelo Krauss estará na chapa vencedora nas próximas eleições. E claro, na oposição a atual administração.

A Leandra virá. O Dr. Ricardo, Zambrana, Dr. Bob.

O Christian terá o apoio da atual administração com o objetivo de manter o status quo. Aguentar às pontas garantindo cargos para os aliados e a sequência nos contratos. Mas corre sério risco se aparecer algumas nuvens cinzentas no horizonte. Como costume (e eu já disse isso para ele algum tempo atrás) será rifado. É a vida na política.

Perspectivas apenas. As mudanças que acontecerão no País, poderão provocar um tsunami, inclusive nos municípios.

Estaremos observando e trocando ideias.

Zelador

Anônimo disse...

Acho que para manter o status quo, o candidato preferido da situação chama-se Ten. Melo. Christian será com certeza rifado. Já cumpriu seu papel auxiliando no mote falso da chapa juventude/modernidade.observador contumaz (de volta depois da ausência forçada)

Edson Riera disse...

Observador Contumaz -

Que bom tê-lo de volta. Espero que tudo tenha se resolvido a contento.

O atual Vereador Melo terá que mudar muito para ter chances de encabeçar uma chapa. Há 6 anos tem sido um fiel assessor do prefeito, e isso não sendo defeito, à frente por séculos da Secretaria de Industria e Comércio, não conseguiu um único novo emprego para os itajubenses. Pelo contrário, muitos foram extintos. Cansou-se de prometer a vinda de novas empresas e nenhum investimento se concretizou. Ou mostra que pode caminhar longe do prefeito ou no máximo será nomeado candidato a vice do Christian, brigando pela posição com o Joel da Guadalupe, Robson e outros menos cotados.

Mas como está muito longe...

Zelador

Anônimo disse...

Senhor Zelador, esse é o nosso mal! Deixar tudo para as vésperas.
Não esta nada longe, eleição é igual carnaval, acaba um começa o outro.
De uma coisa tenho certeza, o Tião Riera já está com todas as cartas na mão e vai jogando o jogo e além disso, sempre "guarda uma carta na manga".
Fale-nos da lei eleitoral, quem pode e quem não pode ser candidato.
O povo quer saber!

Anônimo disse...

Pode ser o secretário que for, Zé. Já contastes quantos passaram pela secretaria mencionada? Pelo que me lembro Bissacot já é o 6º. Teve um que ficou menos de 4 meses. Atração de empresas, parque tecnológico, parcerias, ouvir as entidades de classe, não fazem parte das políticas públicas dessa turma que está no poder. O negócio deles são algumas poucas obras, o parque, lago, pedalinho e foguetório.E falta de informações obrigatórias para quem tem cargo público. Com a quase complacência até agora do MP.

Edson Riera disse...

Complacência -

Já lá vão seis anos que avisos e pedidos de atenção são feitos. Julgam melhor tratar como pessimismo. Os alertas são feitos para providências e cuidados serem feitos. Fazem beicinho e seguem em frente.
Enquanto isso, desemprego. Brigam com os grandes empregadores por bobeiras e quando surge uma oportunidade de expansão em uma linha de montagem, a decisão é por fazê-la em outra unidade industrial. Ficam sabendo do fechamento e das dificuldades das empresas pelo O Sul de Minas ou pela rede social. Assustam-se.
Parque, cinema, etc, são importantes e bem vindos, desde que tudo com total transparência. Sob aplausos gerais, inclusive dos que lá trabalham, matam por lento sufocamento o centro da cidade.
As entidades de classe, ao meu ver, não vivem um bom momento participativo.

Vamos esperar mudanças no município, junto com aquelas que esperamos para o Estado de Minas e para o governo federal.

Zelador