quinta-feira, 8 de novembro de 2018

MEMÓRIAS DO CÁRCERE


Sei não, mas lendo com um pouco mais de cuidado os depoimentos documentados ocorridos nesta semana no processo do Sítio de Atibaia, chega-se a conclusão que o Sr. Luís Inácio vai "pegar" mais uns 12 anos de prisão por corrupção passiva e formação de quadrilha. As evidências são inquestionáveis. Pelo andar da carruagem a defesa deve jogar a culpa na Dona Mariza para aliviar a barra do petista ex-presidente.

Quanto ao processo da compra do terreno para a construção do Instituto Lula, envolvendo também a Odebrecht, já está na mesa da Juiza Gabriela Hardt para receber a sentença. Quem sabe aí, mais uns 10 anos de gancho.

Sinceramente ? não creio que o Lula seja um ladrão no pé da letra. Talvez, mais para um folgado vivo e carismático. Acostumou-se desde muito cedo com a moleza da vida sindical e benesses vindas do poder. Profissionalizou-se nisso. Cercado de bajuladores não deu espaço para ninguém. Zero de ideologia. Envolvido por bandidos de alto coturno e sabedor da fortuna que girava pelo submundo, forçou e aceitou bilhões desviados para o seu partido para eleger e reeleger a Dilma. Envolvido pelo poder passou a achar normal o recebimento de subornos disfarçados em agrados. Como nunca perdeu o espírito de pobreza, aceitou apartamento no Guarujá, sítio em Atibaia e outras besteiras mais.Sem a grandeza necessária não promoveu a renovação e o surgimento de quadros capacitados no partido.

Passa a viver do sonho que o governo eleito fracassará e que ele um dia, como Mandela,  ou como um Fênix ressurgido das cinzas, será resgatado da prisão e reassumirá as rédeas da nação. 

Ficaria mais em conta que lhe fosse dado o direito de prisão domiciliar, com tornozeleira, com visitas e contatos restritos e o total afastamento da vida pública enquanto durar  as penas recebidas. 

É a vida...

Viver é Perigoso  

Nenhum comentário: