quinta-feira, 1 de novembro de 2018

COISA DE CINEMA !


Realmente de impressionar. Está lá no site www.terradomandu.com.br, de Pouso Alegre, notícias sobre o Cinema/Centro Comercial, em construção no Parque Municipal de Itajubá.

O empreendimento está sendo considerado, no segmento, o primeiro auto-sustentável no País. Não conheço outros, mas pelas informações, talvez um dos mais avançados do mundo.

Investimento de R$ 10 milhões, com área construída de mais de 4.000m2 (o terreno de 8.000 m2 foi doado pelo município), possui geração própria de energia produzida através de irradiação solar. A usina solar terá capacidade para gerar 24 mil KWH/mês, quantidade suficiente para abastecer todo o complexo.

Um sistema de cisternas para o reaproveitamento da água da chuva simultâneo à água de reuso com capacidade de armazenamento plena de até 40 mil litros de água, o que representará uma economia de até 50% do recurso hídrico potável necessário para o abastecimento da unidade.

Outra novidade trazida pelo completo do Cine A é o estacionamento com carregador para carros elétricos. A recarga tem o benefício de reduzir a poluição sonora e do ar. Qualquer pessoa pode abastecer seu carro elétrico ou híbrido sem custo algum, durante o horário de funcionamento do cinema O carro elétrico é uma das soluções para diminuir a emissão de gases de efeito estufa e outras emissões de gases poluentes pelo setor automobilístico.

Itajubá é a cidade do Sul de Minas onde os moradores mais utilizam bicicletas como meio de transporte. Para incentivar essa alternativa sustentável de mobilidade urbana, o complexo tem bicicletários seguros.

Fechando o ciclo da sustentabilidade, o cinema oferece locais para o descarte correto do lixo eletrônico. As pessoas poderão levar seus computadores, monitores, aparelhos telefônicos e celulares, baterias, pilhas, cabos, TV’s, câmeras fotográficas, impressoras e tudo mais o que estiver inutilizado e estragado em casa. Esse tipo de material, quando descartado de forma incorreta, provoca sérios danos ao meio ambiente e à saúde humana.

O cinema terá quatro salas com o que existe de mais avançado em som Dolby Atmos e imagem 3D e 4K. A tecnologia 4K garante telas com resolução de 3840×2160 pixels, totalizando 8.294.400 pixels, ou seja, quatro vezes mais resolução que o FULL HD.

Além das salas de exibição e da estrutura tradicional de um cinema, são dois restaurantes, academia ao ar livre, espaço para prática de Yoga, Slackline, meditação e dança.

A Rede Cine A nasceu em 12 de novembro de 2004, na cidade de Machado, Minas Gerais. Atualmente, conta com unidades localizadas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Pará.

A inauguração está prevista para 12 de dezembro de 2018, onde os itajubenses, visitantes e moradores da região passarão a utilizar este inédito espaço de lazer, cultura e sustentabilidade que é motivo de orgulho para todo o Brasil.

“Vamos juntos construir um mundo melhor. Um lugar limpo, rico de cultura e repleto de emoção”, afirma Silvio Gutierris, diretor da Rede Cine A.

Blog: Não falaram nada, mas pipoca não deve faltar.

Viver é Perigoso

8 comentários:

Anônimo disse...

E continuamos criando diversão e lazer sem criar a renda para sustentá-las. O povão que precisa de emprego e renda tá fora dessa.“Vamos juntos construir um mundo melhor. Um lugar limpo, rico de cultura e repleto de emoção." pra quem? meia dúzia que podem gastar! Inversão total de prioridades!

Anônimo disse...

24 mil KWH/mês???? Estranho...

Edson Riera disse...

Estranho -

Pois é...foi como saiu na publicidade oficial.

Zelador

Edson Riera disse...

Prioridades -

O pessoal do cinema adora ficção.

Zelador

Anônimo disse...

Esse desgoverno não tem vergonha mesmo ..mal acabou uma eleição ja está começando propaganda eleitoreira com chapéu dos outros para outras eleições ....primeiro o investimento é de 3 milhões..depois 7 milhões agora 10 milhões. ...ficção pura

Edson Riera disse...

Ficção Pura -

Política profissional antiga, mas que ainda funciona em pequenas cidades do interior.

Zelador

Anônimo disse...

Zelador,

Será que com Zema e Leandra poderemos ter a expectativa de assistir o filme SOLEDADE de Itajubá, baseado em fatos reais?
Se sim, aposto que será um campeão de bilheteria.

Edson Riera disse...

Campeão de Bilheteria -

Tudo indica que o Brasil será diferente.

Zelador