quinta-feira, 25 de outubro de 2018

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO


"Nada mais injusto do que julgar homens do passado pelas ideias do presente."

Não se trata de uma leitura simples. Muito bom de ler, com atenção, com consultas e com comparações com o momento atual.

"A Marcha da Insensatez", da maior historiadora americana Barbara W. Tuchman, foi publicado em 1984. Para ler, reler e assustar-se. Em tempo, a autora foi laureada com o Prêmio Pulitzer por duas vezes.

Em um texto envolvente a autora destaca quatro conflitos históricos em que ações equivocadas tiveram consequências desastrosas para milhares de pessoas: A Guerra de Troia, a reforma protestante, a independência dos Estados Unidos e a Guerra do Vietnã. Tais episódios mostram a impotência da razão ante os apelos da cobiça e os interesses individuais.

Uma leitura fundamental em uma época em que a marcha da insensatez parece se acelerar a  cada dia.

Muito bom: Existe uma edição de bolso da Bestbolso, com apenas 560 páginas, fácil de carregar e de ler.

Viver é Perigoso 

Nenhum comentário: