sexta-feira, 5 de outubro de 2018

ENQUANTO ISSO...


Na Boa Vista, é claro, existia tempo apropriado para tudo. Tempo de soltar pipas, tempo de tirar racha de futebol no campo do Vasquinho, tempo de nadar na prainha, tempo de rodar pião, tempo de tico-tico fuzilado, tempos das correrias de pique, tempos de roubar frutas no pomar do Seu Zé Lino, tempo das bolinhas de gude, tempos dos álbuns de figurinhas e por aí afora.

Com a chegada da eletrônica, das piscinas e do tudo mais fácil, poucos se lembram.

Já na terrinha, uma tradição vêm se mantendo. Tempo de sacanear os adversários e inimigos políticos. Tempo de Eleições. Não mais com as cópias mimeografadas e distribuídas na cidade pela madrugada. Provocavam choros e ranger de dentes. Passou para o xerox. Um avanço.

Mais a moçada não brinca em serviço. Entraram com tudo na internet. Mais precisamente no Facebook. O que dá de fakes na época de eleições é uma grandeza. Perderam um pouco  do jeito. Passaram para mentiras das grossas e até ofensas.

Teria acontecido numa reunião na semana passada:

- Moçada, precisamos detonar as candidaturas de fulano e sicrano. Não são contra nós mas é como se fossem. Ficam criando azinhas e podem nos incomodar mais adiante. A isso, chamam de detonação e intimidação preventiva. Nada de papel. Tudo deve ser feito pela internet e através de LAN hause de outras cidades. Nada de rastros.

- Mas Chefe, tudo está tranquilo e os caras não tem penetração na região e não conseguirão se eleger.

- Moçada. Vocês não estão entendo. Trata-se do instinto. É tempo de eleição e eleição é tempo de cair de pau nesses engraçadinhos amadores. Política é para profissional. Entendido ?

Viver é Perigoso   

Nenhum comentário: