sexta-feira, 7 de setembro de 2018

INDEPENDÊNCIA OU MORTE !


Há tempos os políticos e administradores públicos, em todos os níveis, vêm fazendo por merecer a desconfiança da população. Os tribunais lotados, o Ministério Público abarrotado de processos, parte da imprensa (alguns têm que sobreviver entende ?) noticiando descalabros, diariamente.

Eles próprios levaram a essa triste situação.

Começando pelos municípios. O que se exige dos administradores públicos ?

 Transparência !

Caso aconteçam as mudanças almejadas pela população, daqui a algum tempo, ou a partir de algumas gerações, com muito esforço, a confiança nos Admnistradores Públicos voltará.

Por enquanto não. Em todos os níveis estão sob suspeitas, com alguns bons pagando pela maioria ruim.

Continua absolutamente necessária a fiscalização da Administração, por todos, principalmente por aqueles que foram eleitos e são pagos para isso. Sim, os Senhores Vereadores.

Com agem os Executivos Municipais, com raríssimas exceções, em todo o País ? Desde a posse, ou mesmo antes, buscam trazer para o seu lado ou aconchego, a maioria (em votos) dos vereadores. 

Como ? dispondo de cargos públicos para parentes, amigos e agregados. Facílimo de comprovar.
Promovem atendimentos no varejo, de pequenas obras, remédios, e antecipação de exames. Registram os favores feitos com "chapéu" alheio e transformam em reféns os fragilizados representantes do povo que deveriam se comportar de forma independente.

Providenciadas pela Administração Municipal, reformas necessárias são bem vindas. Restaurante popular, ótimo, praças e parques, uma maravilha, vacinação, campanhas de saúde, merenda escolar, transporte de enfermos, sensacional.

Mas, nada e nada mesmo, enquanto não readquirirem com o tempo a confiança total, poderá ser executado sem a transparência total e irrestrita. 
Qualquer prefeito do interior que tenha como meta política manter a maioria da Câmara refém, demonstra ter alguma preocupação com possíveis questionamento dos seus atos.

Pior ainda, recomendar ou proibir esclarecimentos normais do dia a dia da Administração pelos seus secretários ou assessores diretos. É o que sempre dá a entender.

Parabéns para o que foi feito, que terá muito mais valor, com a prestação de totais e sérios esclarecimentos.

A reconquista da credibilidade, hoje a quase zero, dos políticos e administradores públicos, exigirá clareza em todos os sentidos.

Caso contrário, como temos acompanhado pelo noticiário, todos eles, ou quase, seguirão como zumbis aguardando a visita de oficiais da justiça portando intimações para esclarecimentos nas barras dos tribunais. 
Correrão o risco de dilapidar os seus corretos ganhos de uma vida, para sustentar caras bancas de advogados.

Fácil de colocar as caravelas no rumo certo. Aplaudiremos de pé ações nesse sentido. 

Viver é Perigoso     

Nenhum comentário: