sábado, 22 de setembro de 2018

CANTINHO DA SALA


Um colecionador do Brasil ofereceu US$ 30 milhões (cerca de R$ 120 milhões) para comprar a tela 'Abaporu", da Tarsila do Amaral.

O comprador queria trazer o quadro de volta ao país.

A obra pertence a Eduardo Constantini, empresário argentino, fundador e presidente da instituição, que não aceitou a oferta. Atualmente, o “Abaporu” está exposto no Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires. 

Lembrando, Abaporu é uma das principais obras do período antroprofágico do movimento modernista no Brasil. Foi pintada em óleo sobre tela, em janeiro de 1928, por Tarsila do Amaral como presente de aniversário ao escritor Oswald de Andrade, seu marido na época. O nome da obra foi conferido por ele e pelo poeta Raul Bopp.

Hoje é a tela brasileira mais valorizada no mercado mundial das artes, com valor estimado de US$ 40 milhões. Foi comprada pelo colecionador argentino Eduardo Costantini por US$ 2,5 milhões, em 1995 em um leilão realizado na Christies. 
Anteriormente pertencia ao empresário brasileiro Raul Forbes desde 1985.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: