domingo, 19 de agosto de 2018

SÓ BLUES



Os festivais de blues que acontecem por esse Brasil afora estão sentindo a falta do bluesman norte-americano J.J.Jackson, figura carimbada no cenário do gênero.
O músico tomou o barco, aos 75 anos, no último dia 30 de julho. Descansa em Cotia-SP.

Jackson nasceu no estado de Arkansas, em uma região conhecida como o "cinturão do blues".  Batizado como Leo Robinson, passou a ser conhecido como J.J.Jackson no Brasil, país que adotou como novo lar nos anos 90 por causa da esposa brasileira. Desde então, morava em um sítio no interior de São Paulo. Por causa dessa paixão pelo país, além de uma grande admiração por músicos brasileiros, desde o ano passado o músico pedia para ser chamado de J.J. Jackson do Brasil.

No Brasil, J. J. Jackson foi intérprete de trilhas sonoras de novelas como "Bebê a Bordo", "Vamp", "Salvador da Pátria", "Rainha da Sucata", "Uma Rosa com Amor", entre outras, com canções de autoria própria e interpretando sucessos de outros artistas. Também emprestou sua voz para inglês publicitários de marcas renomadas no mercado nacional. 

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: