terça-feira, 28 de agosto de 2018

NÃO MATEM O MENSAGEIRO


O Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM) é um estudo anual criado para acompanhar o desenvolvimento humano, econômico e social dos municípios do Estado do Rio de Janeiro e do Brasil (5.565 no total),com base exclusivamente em estatísticas oficiais. Ele leva em conta três indicadores: emprego & renda, educação e saúde cada qual com um conjunto respectivo de variáveis. Devido às suas características, a ferramenta tem servido como uma fotografia de políticas públicas e como fonte para "estudos nacionais e internacionais a respeito do desenvolvimento brasileiro". Mesmo porque seu resultado é capaz de retratar o nível de desenvolvimento de cada cidade e, assim, dar uma ideia sobre a qualidade de vida de seus cidadãos.

O relatório apresentado em 2018 considera os dados de 2016. Em cima do estudo é elaborado um ranking nacional dos municípios. Somente para efeito comparativo, em vermelho, constam os números alcançados por Pouso Alegre.

Para se ter uma ideia e despertar o interesse das autoridades municipais para analisar os números e compará-los com os obtidos por outros municípios do mesmo porte.

Em se tratando de emprego & renda a nota alcançada por Itajubá em 2016 é  assustadora:

Nota : 0,6152  (0.7211)
Ranking : 690º  (125º)

Nesse quesito, em números coletados desde 2005, a melhor posição alcançada pela nossa cidade foi em 2010 - Ranking 66º. Registramos as posições ocupadas nos últimos 5 anos:

2012 - 306º
2013 - 157º  (34º)
2014 - 404º  (114º)
2015 - 408º  (211º)
2016 - 690º  (125º)

O ranking Firjan geral, onde são considerados também a Saúde e a Educação :

2012 - 219º 
2013 - 108º  (81º)
2014 - 180º  (150º)
2015 - 235º  (208º)
2016 - 315º  (187º) 

Não carece ser nenhuma sumidade em análise econômica para concluir que a nossa cidade vem naufragando no tocante a Emprego&Renda. Independente da crise no setor, muito poderia ter sido alcançado. Claro, se prioridade fosse.

Uma análise direta poderá ser feita no www.firjan.com.br

Viver é Perigoso

4 comentários:

Anônimo disse...

Caríssimo Zé lador, tava dando para sentir que a crise pegou mais que outros . Mesmo assim inércia total. Converse com qualquer colega empresário da cidade. De qualquer setor. Choradeira geral. Quando sair o indicador de 2017/18 alguém duvida que será pior? Mas como gostam, vamos colocar a culpa em outrem e talvez matar o mensageiro. Acontece que temos o lago!Vamos todos pra lá chorar e rezar.E vem aí os cinemas. Como nos eleitores somos ignorantes!Ainda acreditamos em promessas cantadas a quatro ventos. Não sei quantas empresas, outro tanto de empregos. E aí cdl/aciei nada a dizer? Que saudade do Remi.

Edson Riera disse...

Saudade do Remi -

Pois é...

Zelador

Anônimo disse...

Tamo ferrado.Contra número não tem argumento.

Edson Riera disse...

Argumento -

Erramos. A nota de Itajubá no quesito Emprego&Renda é 0,6152 e a posição no ranking, 690º - Tá ruim, mas está melhor.

Zelador