segunda-feira, 6 de agosto de 2018

É A VIDA...


Entendo diretamente o diálogo publicado pela Celinha Rennó, na sua coluna no Jornal O Sul de Minas e na sua página na internet. Diretamente por que ? Como sou muito, mas muito mesmo, mais antigo, participei de um diálogo semelhante há 13 anos. Também deixei a responsabilidade por quase 15.000 votos conseguidos em 2004. 
A admiração por ela permanece intocável.
É a vida...
  
"...E você, como anda? Vai se candidatar de novo a vereadora daqui a 2 anos?
- Hum .... pensei, repensei e pensei de novo e decidi que não vou não.
- Nunca mais?
- Nunquinha.
- Mas por que? Desiludiu-se com a política?
- Não, de jeito nenhum. A política é o maior barato. Pela política, a gente consegue interferir positivamente na vida das pessoas. O problema é quando quem faz política faz em benefício próprio ou por vaidade ou dinheiro. Daí, não dá.
- Mas se não desiludiu, por que não vai tentar de novo?
- Porque escolhi outro ambiente para interferir positivamente na vida das pessoas?
- Ah é? Qual?
- A escola.
- Poxa, que bom, então. Tamo junta, companheira!
- Educar é perder sempre as batalhas do imediato, foi o que o Arthur da Távola disse. E eu estou plantando sementes.
- Tintim pra nós, então! Não seremos candidatas a nada, mas vamos contribuir com um país melhor, a partir de nós e dos nossos! "

Viver é Perigoso

3 comentários:

Anônimo disse...

Educar é perder sempre as batalhas do imediato, foi o que o Arthur da Távola disse. E eu estou plantando sementes.

Graças a Deus, boa sorte , agora... aulas do que?

Edson Riera disse...

Aulas de que ?

A Célia é jornalista e tem conhecimento profundo em diversas áreas. Pode e tem capacidade para coordenar ensinamentos e ensinar muito. Itajubá precisa muito dela. Pessoa rara.

Zelador

Anônimo disse...

Ela não trabalha com educação na Uninter ali´perto do fórum?