terça-feira, 7 de agosto de 2018

E O EMPRÉSTIMO MILIONÁRIO, HEIN ?

Será que seguiram adiante nessa aventura ? Caso foram adiante, rogamos que a CEF não liberado nada, considerando as atuais dificuldades financeiras admitidas pela própria Administração Municipal.

Todos devem estar lembrados da aprovação pela Câmara Municipal de Itajubá do Projeto de Lei 4272/2018, sobre autorização para empréstimos de R$ 20 milhões pela prefeitura junto a Caixa Econômica Federal, destinados ao financiamento de obras de infraestrutura em ações de mobilidade urbana, que resultou na Lei 3247, publicada no Diário Oficial do Município, no dia 20/3/2018.

Na época, passados menos de 5 meses, os "pessimistas" comentaram:

"Pendurar-se em financiamentos desse porte e com prazos eternos para pagamentos, oferecendo com garantias recebíveis fundamentais para o equilíbrio das contas municipais, nestes momentos de incertezas, é deveras preocupante.
Mas...é a vida."

Hoje deu no Estadão, que Estados e Municípios devem R$ 21 bilhões à Caixa sem garantia do Tesouro.
Essas operações de crédito sem garantia da União foram proibidas, daqui para frente, pelo Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União. O Banco do Brasil informou não ter concedido créditos sem garantia da União aos governos regionais.

Quanto a Caixa...

É a economia, Moçada !

Ah ! Em tempo, sem surpresas, votaram contrariamente ao empréstimo, os Vereadores Marcelo Krauss, Dr. Zambrana e Eng. Santi. Homens de visão.

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

É a economia, Moçada !

Ah ! Em tempo, sem surpresas, votaram contrariamente ao empréstimo, os Vereadores Marcelo Krauss, Dr. Zambrana e Eng. Santi. Homens de visão.

Que visão heim.