quarta-feira, 4 de julho de 2018

DIFÍCIL DE ENGOLIR !


Sinceramente, não dá para levar a sério. Como comentou um cidadão no Fórum dos Leitores do jornal o Estadão:

"Reprovado em dois concursos para a magistratura paulista. Não fez mestrado, nem doutorado, não tem obra publicada - atributos que são considerados para caracterizar a exigência constitucional de notável saber jurídico pelos candidatos ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Trajetória profissional ligada ao Partido dos Trabalhadores (PT) e ao governo do ex-presidente Lula. Advogou para o PT quando o partido era presidido por José Dirceu e foi assessor direto do mesmo Dirceu quando este chefiou a Casa Civil, no governo Lula. Esse é, em apertada síntese, o currículo profissional do ministro do STF, José Antonio Dia Toffoli. Talvez pela ausência de notável saber jurídico Dias Toffoli desconheça que a legislação prevê a suspeição de parcialidade do juiz para julgar quando este for amigo íntimo ou interessado no julgamento da causa em favor de qualquer das partes."

O Sr. Toffoli tem-se mostrado fiel e leal aos seus. Mostrou isso quando da Processo do Mensalão. Lutou como pode para aliviar os comprovados mensaleiros. Compôs uma inesquecível e odiada dupla com o seu companheiro Lewandowski.

Agora, na Lava Jato, não tem decepcionado os seus ex-chefes. Concedeu liberdade ao condenado Dirceu e numa segunda etapa suspendeu a medida cautelar de uso de tornozeleira eletrônica.

Inacreditável ! O Sr. Dias Toffoli irá assumir a presidência do STF e acredite se quiser: Ocupará a Presidência da República quando das viagens internacionais, que acontecerão antes das eleições, programadas pelo Sr. Temer.

A única mudança do Sr. Toffoli nesses anos todos foi o cultivo da barba, talvez buscando aparentar um pouco mais de respeitabilidade.

Viver é Perigoso    
   

5 comentários:

Anônimo disse...

Pois é, mas foi aprovado pelo senado. Aliás pelo que me lembre nunca o senado reprovou algum nome para o supremo desde os governos militares. Propositadamente senado e supremo minúsculos.

Edson Riera disse...

Minúsculos -

Melhor grafia para o senado: senada.

Zelador

Anônimo disse...

Zelador

Afinal estamos em uma democracia ...
Assim , o senado vota em nosso nome .
Então , povinho minúsculo .

Alaor

Anônimo disse...

É também importante lembrar do outro lado. Temos o petista Toffoli, mas temos também o tucano Alexandre de Moraes, que plagiou sua tese de mestrado. Era secretário de justiça de Alckmin e só foi nomeado ministro de Justiça e depois do STF porque prendeu, enquanto no governo paulista, o cara que queria divulgar fotos íntimas de Marcela Temer. Suas qualificações são tão poucas ou menores que as Toffoli. Isso só mostra o quanto estamos mal servidos no judiciário.

(Agora, minha impressão é que o zelador sempre quer relativizar quando não é o lado do PT. Você saiu do PSDB, mas o PSDB não saiu de você, zelador)

Edson Riera disse...

Petista -

O que aconteceu foi uma vergonha. Dizem, que o próprio Lula, que é muito vivo, se consultado, não permitiria isso.
Quanto ao Ministro Alexandre Moraes, pelo que sei, foi ou é professor e tem muitos livros escritos. Está anos luz do servil Toffoli.
O Zelador, em toda a sua vida tem sido burramente coerente. Esteve no PMDB e no PSDB, pelas qualidade das pessoas que estavam à frente. A medida que o nível, no ponto de vista dele foi caindo, foi afastando-se. Aqui no blog não escapa um. Basta pisar na bola. Leia os 20.000 posts do blog.

Zelador