sábado, 2 de junho de 2018

ROLO ANTIGO DO GOVERNO PETISTA

Deu na imprensa hoje, 02 de junho de 2018

O governo brasileiro concedeu descontos ilegais de US$ 68,4 milhões nos juros de empréstimos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) a Cuba, segundo reportagem do portal UOL. O governo cubano usou o dinheiro para construir o Porto de Mariel, inaugurado em 2014 com a presença da então presidente petista Dilma Rousseff. De acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU), estes descontos foram irregulares em pelo menos quatro operações de crédito a partir de 2010 com o BNDES. Para a realização do empréstimo, foi utilizado um mecanismo financeiro chamado Proex-equalização, que permite baixar os juros de um empréstimo a um paí s estrangeiro por até dez anos. O governo brasileiro decidiu, porém, conceder o benefício por 25 anos. Para o TCU, isso é ilegal.

Deu no Viver é Perigoso em 27 de maio de 2014 

PARA CUBA COM CARINHO

Um termo de classificação de informações produzidos há 2 anos pelo gabinete do então ministro do Desenvolvimento Econômico, Fernando Pimentel e obtido pelo site "congresso em foco" mostra alguns detalhes do empréstimo do BNDES para Cuba construir o Porto de Mariel.
Já foi repassado para a Odebrecht R$ 1 bilhão.
Para evitar "questionamentos desnecessários" governo e banco mantêm sigilo sobre o empréstimo total de US$ 692 milhões. Parte dos recursos foi transferida a "fundo perdido", isto é, sem nenhum ônus para o tomador.


Estamos lascados.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: