domingo, 3 de junho de 2018

DISCUTINDO O JÁ DECIDIDO


Está prevista para amanhã, segunda-feira, na Câmara Municipal de Itajubá, a votação em primeiro-turno do Projeto de Emenda da Lei Orgânica alterando o número de vereadores.

Continua os 17 ou cai para 10, como sempre quis a população, exceto o Prefeito, seus auxiliares diretos e seus fieis vereadores. Talvez nada seja decidido na reunião de amanhã. Espertamente algum vereador, devidamente orientado, é claro, deverá apresentar uma proposta para que 13 seja o número mágico. Daí começaria tudo de novo.

Como se trata de votação numérica, tendo o Prefeito domínio sobre uma folgada maioria, vai acontecer o que o Chefe do Executivo quiser. Caso não esteja bem humorado, deverá vencer a proposta de 17. Caso esteja indiferente, a questão será encaminhada para os 13. Num dia de excepcional alegria existe esperança em que o município seja presenteado com 10.

Em passado recente, quando de outra mesma votação, a comunidade se uniu na luta pelos 10. Entrou todo mundo. Aciei, CDL, Faculdades, Sindicatos, etc. Mas os tempos eram outros.

Viver é Perigoso    

3 comentários:

Anônimo disse...

Em passado recente, quando de outra mesma votação, a comunidade se uniu na luta pelos 10. Entrou todo mundo. Aciei, CDL, Faculdades, Sindicatos, etc. Mas os tempos eram outros.

Zé, explica pra mim: Porque 10 e não 20?
De onde tiraram estes 10? Pelo que sei existe uma lei que foi discutida considerando a quantidade, a população do municipio, minimo de 9 e assim por diante; porque temos que ter 10? e não 15 ou mesmo os 17?
Porque se tem 10 ganhando 10 cada é o mesmo que 20 ganhando 5 cada!
Sempre ao longo de anos tivemos 15.
Deve ser apenas questoes politiqueiras e fde palanque para algus, afinal ja temos 10 que trabaçham e 7 na reserva. kkkkkk

O ideal seria discutir REPASSE, SALÁRIOS, ESTRUTURA, agora ficar com esta conversinha de 10 todo ano ja deu!

Logo logo vamos ter que fazer cursos e aprender a ser vereador em Piranguinho se continuar com estas bobagens, vamos discutir GERACAO DE EMPREGOS, FISCALIZACAO DO EXECUTIVO, TRABALHAR de segunda a sexta, salario compativel; alias o salario deveria ser 2, 3, 5 ou 10?
Gente ta passando do limite do bom senso.O povo é idiota mas ta ficando feio estas conversas.

Ex Vereador decepcionado e cassado.

Edson Riera disse...

Conversas -

Simples: Com 17, 15 ou mesmo 13, fica mais fácil para o Executivo controlar e evitar vereador abelhudo comento o crime de fiscalizar. Um calçamento aqui, um exame médico acelerado ali, uma passada de máquina na rua do bairro, troca de lâmpadas, uma lombada como redutor de velocidade, algumas indicações de empregos em empresas prestadoras de serviços e tudo certo. Com 10 fica difícil ter maioria confortável. Sempre três são conscientes de suas obrigações, dois são oposição ou não foram atendidos em alguma reivindicação. Só aí já dá empate.
É assim que funciona.
Claro, fora a redução evidente de custos com viagens, assessores, etc.

Todos brasileiros sonham com a diminuição do senado, câmara federal e estadual.

Zelador

Anônimo disse...

Zelador, muito boa a sua colocação.
Imagino q da mesma forma uns 4 bons secretários tocariam muito bem a cidade.Uma meia duzia de diretores idem para a ACIE e CDL , e assim por diante; não precisamos de 513 deputados, nem 83 senadores, nem de vice prefeito, nem de 6 juizes, nem de 500 soldados na rua, nem de 10 balconistas nas lojas, nem de 100 garis varrendo as ruas, nem de uma familia com 10 filhos;

agora ATE QUANDO VAMOS VIVER NESTA LADAINHA? A hora que aprovarem 10 vão ver que 7 é melhor ai entra um maluco e volta para os 15....
Esta brincadeira vai longe......