sexta-feira, 8 de junho de 2018

DE VOLTA AO PASSADO


Nos antigos filmes americanos sobre o velho oeste, quando o meio de transporte eram as diligências, face as possibilidades de ataques de bandoleiros e índios, sempre viajava ao lado do condutor, um segurança armado.  

Aqui, governo desenganado e com perspectiva de ser decretada morte cerebral. 

No Sul de Minas, a bandidagem descarada começou no último domingo. Até aqui, foram registrados:

19 municípios atacados.
37 veículos atacados.
12 prédios atacados, sendo 11 de instituições de segurança pública.

Confira as cidades atingidas:

Alfenas: 3 ônibus queimados e ataque à base da PM
Brazópolis: tiros contra viatura da polícia
Cambuí: coquetel molotov jogado dentro de agência bancária
Cruzília: Tiros contra a delegacia
Guaxupé: 6 ônibus queimados na garagem de empresa
Itajubá: 2 ônibus queimados e 1 tentativa em outro ônibus
Lavras: ataque a base da PM
Machado: 1 ônibus queimado
Monte Santo de Minas: 2 ônibus queimados na garagem da prefeitura
Passa Quatro: 1 ônibus queimado
Passos: 3 ônibus, 1 viatura da polícia e uma caminhonete queimados. Tiros contra o presídio e bases da polícia. Pedra com fogo na Câmara Municipal. Ataque contra um caminhão de lixo e uma van dos Correios.
Poços de Caldas: Galpões de empresa e 2 ônibus queimados
Pouso Alegre: 3 ônibus queimados
Santa Rita do Sapucaí: caminhão da Copasa queimado
São Bento Abade: três ônibus escolares queimados
São Lourenço: Casa de um policial militar foi alvo de tiros; tentativa de queimar um ônibus
Três Corações: Tentativa de queimar um ônibus
Três Pontas: Fogo no carro de agente penitenciário
Varginha: 1 viatura do Sistema Prisional e 1 ônibus queimados; ataque de tiros em presídio

Estamos devidamente lascados.

Viver é Perigoso

2 comentários:

marcos.caravalho disse...


Não, senhor!!

Alí, no entroncamento entre as autobahns para Ibitiura e Ipuiuna (pode escolher a rota que quiser) não houve nada, nadica de nada.

SRC sabe se proteger, é "proativa": não tem frota (sequer uma unidade) de ônibus para transporte urbano. Sem carne, cachorro não morde o osso.
Esses Santaritenses são de morte!!!...

Edson Riera disse...

Marcos -

Pelo que entendi foram suspensas as diligências semanais para Poços.

Zé lador