quarta-feira, 14 de março de 2018

PARQUE TECNOLÓGICO ABERTO DE SANTA RITA DO SAPUCAÍ



Deu no Jornal Diário do Comércio - BH

Santa Rita do Sapucaí pode se tornar um grande Parque Tecnológico Aberto. Ideia inovadora e inédita no País, prevê que as 153 empresas de eletroeletrônica, os centros de ensino e laboratórios de pesquisa instalados no município sejam considerados como um grande parque tecnológico.

Segundo o Presidente do Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica - Sindvel, Roberto de Souza Pinto: 

" a ideia do parque tecnológico tradicional envolve gastos altos e parte da centralização de empresas, centro de pesquisa, prestação de serviços em determinada área geográfica, cercada por muros. O objetivo de Santa de Rita do Sapucaí é tirar esse muro. A fronteira é a cidade que será um centro tecnológico. A cidade já tem tudo o que requer um centro tecnológico. Além das empresas tradicionais, há startups, spin-off, incubadoras, centro de capacitação em empreendedorismo, instituições de ensino e centros de pesquisa e desenvolvimento. Existindo também, o alinhamento do setor privado, público e acadêmico, criando um ambiente de sinergia." 

Para informação, o faturamento do setor em 2017 foi de R$ 3,2 bilhões, estando projetado para 2018 um crescimento de 12%. O Vale da Eletrônica de Santa Rita do Sapucaí produz 15.000 produtos e emprega 14.700 pessoas.

Blog: Bom, para uma cidade com as características de Santa Rita de Sapucaí, que mesmo com uma área de 380 km2, tem 40.000 habitantes. Itajubá, com cerca de 286 km2, conta com quase 100.000 habitantes. Não sei como seria afetado o item "ambiente", citado como fundamental num Parque Tecnológico.

Viver é Perigoso    

Nenhum comentário: