quarta-feira, 21 de março de 2018

O VAZIO FOI OCUPADO


Todos os amigos lembram dos nossos dois canários belgas. O Waldick e o Soriano.
 
Um triste dia, um gato gordo e traiçoeiro, assassinou o Waldick. Não sou de vinganças, mas que elas passaram pela minha cabeça, ah! se passaram.

Ficou conosco o Soriano. Grande cantador solitário e pela convivência, já pousava na minha mão e respondia com doces silvos as minhas provocações.

Cantava diferenciado e tornou-se amigo dos nossos netos.

No dia 23 de julho de 2017, o Soriano foi trucidado por um famigerado gato amarelado, por um gato desavergonhado conhecido na Boa Vista, é claro, por Stalin, que já respondia a diversos processos por assassinatos de passarinhos. 

Certo tempo depois, como foi noticiado no "viver é perigoso", o Stalin também encontrou o seu fim, para surpresa de ninguém. Constou do inquérito, causa mortis indefinida.

Pois bem. A última residência do Soriano foi mantida nas proximidades do mesmo lugar onde sempre esteve. Vazia e triste.

Nos últimos tempos foi belamente invadida. Sem som, mais muito bonita.

Viver é Perigoso 

2 comentários:

marcos antonio de carvalho disse...


Zé,
Justa e bela homenagem ao Soriano.
Que o gato assassino tenha tomado a barca errada e tenha ido desembarcar no inferno dos cachorros loucos.

Edson Riera disse...

Marcos -

O Soriano marcou época.

Zé lador