quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

TOMOU O BARCO


Quando a gente pensava que de febre amarela ninguém mais, com acesso a recursos médicos, tomaria o barco, o drama aconteceu hoje em Belo Horizonte.

Partiu definitivamente o músico e compositor Flávio Henrique Alves de Oliveira, de 49 anos, que também era presidente da Rede Minas e da Rádio Inconfidência. 

A informação foi confirmada pelo Hospital Mater Dei, por meio de uma nota, onde ele estava internado com febre amarela desde o dia 11 de janeiro. 

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: