sexta-feira, 10 de novembro de 2017

ESQUECERAM DE MIM


Por que a Prefeitura publica hoje, 10/11/2017, a Portaria 674/2016, de 21/12/2016, rescindindo o contrato de 40 professoras contratadas pela Secretaria Municipal da Educação ?

Apenas curiosidade.


Viver é Perigoso

CENTRO DE MENORES


Não passou despercebido. O deputado estadual, Vanderlei Miranda, citado pelo prefeito municipal como alavanca para conseguir R$ 16 milhões que seriam destinado a construção do Centro de Menores, ocupa a presidência da comissão de prevenção e combate ao uso de crack e outras drogas.

O deputado, também do PMDB, é pastor da Igreja Batista da Lagoinha. Também é conhecido do eleitorado itajubense, uma vez que, na terrinha, conseguiu seis (6) votos nas últimas eleições. 

Segundo a jornalista Raquel Faria, sempre ligada indiretamente (mesmo sem saber) na nossa cidade, informou hoje:

"A Batista Lagoinha, uma das tradicionais igrejas evangélicas de Belo Horizonte, estará completando em dezembro 60 anos de existência, sendo 50 sob a presidência do pastor Marcio Valadão. Com uma “membraria” de mais de 80 mil almas, é uma potência religiosa. E a data, claro, não passará em branco: o pastor-deputado Miranda já está providenciando uma sessão especial de homenagens na ALMG."

Oremos.

Viver é Perigoso

DISSERAM

Enquanto os padres gritam dos púlpitos, "Pão para quem tem fome ! ", o povo berra das ruas: "Capricha na manteiga!".

O Planeta Diário

Viver é Perigoso

RETRATO FALADO


Viver é Perigoso

AMOR, ORDEM E PROGRESSO


O designer alemão naturalizado brasileiro, Hans Donner, apresentou ontem, na abertura do Fórum do Amanhã, que está acontecendo em Tiradentes - MG, seu projeto para modificar a bandeira brasileira.
Donner, propõe nova bandeira com tons degradê e a inclusão da palavra amor, ficando: Amor, Ordem e Progresso.

O Blog "Viver é Perigoso" tratou do assunto em 2 de fevereiro de 2010. Creio que continua valendo:

"Segundo o grande jornalista e publicitário, nascido em Lavras - MG, Carlito Maia, o tripé em que se apoiou o filósofo francês Augusto Comte para sistematizar a filosofia do positivismo foi o Amor como base, a Ordem como meio e o Progresso como fim.
Essa ideia foi tomada pelos generais antimonarquistas brasileiros, chegando até a república. Na hora de estabelecer o dístico do novo pavilhão nacional, queriam o tripé do positivismo, ou seja: Amor, Ordem e Progresso.
Alguns teriam implicado com o "amor" (parece coisa de veado, teriam dito) (sic), daí só Ordem e Progresso.
Carlito Maia, acharia melhor se fosse: Acordem e Progresso.
Como petista (se fosse vivo já teria saído do partido) achava que bandeira sem vermelho não estava com nada.
Dizia ele : Ah, só respeito a bandeira quando confio em quem a está empunhando.
Nosso vizinho de Lavras, que fez muito sucesso em São Paulo.
Inteligente, rápido de raciocínio."

Viver é Perigoso