quarta-feira, 13 de setembro de 2017

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

SOB A LUZ DE VELAS


A ditadura só não é completa porque ainda podemos dizer que vivemos numa ditadura, muito embora, correndo riscos.

Zé Tipica 

Viver é Perigoso

ÓBVIO ULULANTE !


Hoje, o limite legal dos gastos dos municípios com as Câmaras é com base na receita própria  e transferências constitucionais da União (7%).

O Presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, apresentou projeto no Congresso Nacional que pode provocar significativa economia para os cofres públicos.

O cálculo para as despesas legislativas, como salários de vereadores e de funcionários, teria de ser de acordo com a capacidade do município de gerar receita (Iptu, Ibti, Iss, taxas e contribuições). 

Viver é Perigoso

A VOLTA !

Viver é Perigoso

POLÍTICO BIGODE

Político vivo, esperto, é chamado de "politico bigode". Está do lado de fora, mas pertinho da boca.

Zé Tipica

Viver é Perigoso

OH, MINAS GERAIS !


O vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade, foi citado no relatório da Polícia Federal envolvendo a cúpula do PMDB em um esquema de corrupção. Segundo o mesmo inquérito que diz que o presidente Michel Temer recebeu R$ 31,5 milhões ao participar da “organização criminosa”, Andrade teria “posição de destaque” nos fatos investigados no episódio que ficou conhecido como "quadrilhão" do PMDB. 

De acordo com a investigação, Andrade atuou, quando ministro da Agricultura, no governo da ex-presidente Dilma Rousseff, na edição de atos do ministério para favorecer a JBS. Em troca, a empresa teria pago R$ 7 milhões em propina a integrantes do PMDB.

(O Estado de Minas )

Viver é Perigoso

JOGA PEDRA NA GENI


Lembram-se da Geni ? Foi rebatizada com o nome de "Redes Sociais".

Viver é Perigoso

ITAJUBÁ AO LADO DO CEU


A cidade está presente, em Santa Rita do Sapucaí, na 14ª Feira Industrial do Vale da Eletrônica com o tema Com “Impactando o mercado, gerando negócios e grandes parcerias”.

Começou ontem (12) e irá até amanhã, quinta-feira. O evento que teve início nesta terça (12) e vai até a próxima quinta-feira (14), é promovido pelo Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica (SINDVEL) e pela Associação Industrial de Santa Rita do Sapucaí, com o apoio da Fiemg e do Sebrae.
A todo são 66 expositores, que atraem investidores de todo o país. 
Maior polo tecnológico do país, o Vale da Eletrônica reúne 153 empresas em um Arranjo Produtivo Local (APL), produzindo mais de 14,5 mil produtos, além de empregar 14,7 mil pessoas. Esse valor representa cerca de 29% da mão de obra da indústria eletrônica de Minas Gerais.

Viver é Perigoso

PERSEGUIÇÃO

Viver é Perigoso