sábado, 12 de agosto de 2017

MOÇA BONITA



Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA

Daniel Richter
Viver é Perigoso

WE ARE PAMONHAS !


Com a revisão da meta de deficit deste ano e de 2018 praticamente definida, a equipe econômica prepara medidas para cortar gastos e aumentar receitas.

Pelo lado dos gastos, o governo congelará salários de servidores em 2018 para economizar R$ 9,8 bilhões.

Na sequência...

Além de aprovar o chamado distritão, que facilita a reeleição de parlamentares, a comissão especial da Câmara que discute a reforma política aprovou na última quarta-feira um fundo de campanha que corresponderá a aproximadamente R$ 3,6 bilhões.

Viver é Perigoso

TOMOU O BARCO


Max, ou melhor, Carlos Franklin Paixão de Araújo, esquerdista e ex-marido da ex-presidente Dilma Rousseff, tomou o barco hoje em Porto Alegre, onde vivia. Partiu aos 79 anos. 

Na década de 1950, ingressou na Juventude Comunista e integrou a delegação brasileira para o Festival da Juventude de Moscou em 1957. Anos mais tarde, integrou a organização guerrilheira VAR-Palmares, na qual em 1969 conheceu a futura mulher, Dilma Rousseff, com quem viveu até 2000. e depois seguiu como amigo.

Max, codinome pelo qual era conhecido nos tempos de luta armada, foi preso pela ditadura militar em julho de 1970, meses após a captura de Dilma. Ele deixou a cadeia em 1974.

Viver é Perigoso

NO AR, SAPUCAÍ FM


Tenho a música, figurativamente falando, quase como o ar que respiro. No carro, no Spotify, via celular, Pen-Drive histórico presenteado pelo Aldo, e pasmem, no toca-disco Technics acoplado a um Receiver Sansui.

Tenho ouvido a excelente programação e seleção musical da Sapucaí FM (www.sapucaifm.com.br).

Rádio Web conduzida   pelo camarada Reginaldo Monteiro.

Ouçam que é muito boa. Ah! sem o risco de ser surpreendido por "rasga-sedas" tão comuns, atualmente, nas emissoras de rádio convencionais da cidade.

Valeu, Caro Reginaldo.

Viver é Perigoso     

VIVER É PERIGOSO


Hélio Ribeiro, nome artístico de José Magnoli nascido em 1935 e falecido em 2000.

Outro dia conversando com meus filhos, um deles indagou sobre o que eu assistia na TV quando jovem. 
Eu disse: Não assistia TV. Eu ouvia diariamente, de segunda a sexta, no rádio em AM, Hélio Ribeiro. 
Creio. Eu e uma geração.

Viver é Perigoso