sábado, 11 de fevereiro de 2017

SOB A LUZ DE VELAS



"Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa”.

Guimarães Rosa

Viver é Perigoso

É DISCO QUE EU GOSTO



Viver é Perigoso

IMPRENSA INVESTIGATIVA


Os jornalistas brasileiros Leandro Stoliar e Gilzon Souza, da TV Record, foram detidos hoje pelo Serviço de Inteligência venezuelano no Estado de Zulia, no norte do país, informou a ONG Transparência Venezuela.
Eles investigavam as denúncias de suborno por parte da construtora Odebrecht na Venezuela.

A organização relatou que os repórteres coletavam informações sobre uma ponte construída pela empreiteira brasileira no lago de Maracaibo, em Zulia. 
Procurada, a TV Record afirmou que acionou o Itamaraty e a embaixada brasileira em Caracas para esclarecimentos. O Itamaraty confirmou que foi acionado pela emissora e disse que desde o início da tarde deste sábado está em contato com as autoridades venezuelanas para obter a liberação dos jornalistas.
O Sindicato Nacional de Trabalhadores da Imprensa da Venezuela lamentou a detenção dos jornalistas brasileiros e exigiu sua soltura.

Segundo declaração do ex-presidente da companhia Marcelo Odebrecht, atualmente preso, a Odebrecht pagou subornos na Venezuela que chegaram a US$ 98 milhões, ficando atrás apenas do Brasil.

Blog: Por aqui ainda não estão prendendo o pessoal da imprensa. Só ameaçando.

Viver é Perigoso

DE ATALAIA !


Todos sabem que é crítico o atendimento na área da saúde. Acontece em todo o País e por aqui não é diferente. Para  os que podem mais, a situação se torna mais amena.

Li hoje, publicada no jornal Itajubá Notícias uma entrevista concedida pelo Secretário da Saúde do município, Dr. Nilo Baracho.

Creio que entendemos razoavelmente as preocupações e interesses que cercam o ensino e a saúde da cidade. As forças existentes, as parcerias com os canais de comunicação, o relacionamento com o poder público local, os interesses políticos,  e as disputas.

Não conheço o Dr. Nilo Baracho, mas suas colocações tem toda a lógica e publicam uma fotografia do momento.
Ponderado, reconhecedor das deficiências, o que já é um grande passo, e bem intencionado.

O tema unificação da saúde do município, coloca-nos a todos com "as orelhas em pé".

O Executivo local, desde sua posse no mandato anterior, não deixou outra alternativa para a Fundação Mahle senão afastar-se da providencial ajuda que prestava à Santa Casa. A centenária entidade foi fragilizada e um planejado programa de investimento foi cancelado. 

Escaldados, causa-nos preocupação a intenção de unificar a saúde do município, principalmente, com a aplicação da característica padrão: Ausência de transparência.

Trabalhar em conjunto suprindo deficiências, racionalizando ações, otimizando processos é uma necessidade. De alguma forma, interferir na existência de uma entidade histórica, que uniu uma cidade e tem em sua vida o suor, a dedicação, a contribuição de inesquecíveis beneméritos, coloca, de atalaia, todos os itajubenses.

Oremos.

Viver é Perigoso     
   

QUANDO SERÁ ?


Do povo Romeno ao propósito de seu governo de anistiar crimes de corrupção : 

Nós somos muitos, 
Eles são poucos. 

Eles precisam de nós, 
Nós não precisamos deles. 

O jogo deles acaba no momento que entendermos isto. 

Um novo mundo é possível,
Um mundo que beneficie a todos,
Mas temos que permanecer unidos contra a ganância e a loucura da classe que nos governa. 

Vivemos uma época sem precedentes onde as pessoas comuns finalmente têm a oportunidade
de se libertar da nociva influência dos políticos. 

Esta luta será difícil. Exigirá dedicação e uma mudança de mentalidade . 
Mas está longe de ser impossível. 

SE NÃO FORMOS NÓS, QUEM SERÁ ? 
SE NÃO FOR AGORA, QUANDO SERÁ ?

https://youtu.be/LMzYj--5Yvw 

Comentário do Remy 

Viver é Perigoso





TOMOU O BARCO


Tomou o barco o cidadão itajubense, grande empresário e empreendedor nato, Saulo Germiniani. Fundador do Frigorífico FRIVASA, em 1974 e já há alguns anos, administrado pelos seus filhos, Saulo, Emerson e Jacqueline.
Foi Prefeito de Itajubá. Foi candidato a prefeitura em 1988, eleição vencida pelo Dr.Rosemburgo Romano. Na eleição seguinte, novamente candidato, foi eleito.
Após seu mandato, não quis mais saber de eleições. 
Estivemos do mesmo lado em suas duas candidaturas e, o então candidato Saulo, juntamente com  Ambrósio Pinto e Sebastião Riera, praticamente me intimaram a ser o seu Vice, sem conseguirem. O candidato a Vice foi o Sr. Ari Montalvão. 
Há pouco tempo encontramo-nos no Restaurante do Dito Preto em São José do Alegre e a conversa foi agradável, como sempre.
Um self-made man, que segundo contado por ele mesmo, começou com menino vendendo linguiça em Ouro Fino. 
Um dos grandes empresários de toda a história de Itajubá.

Viver é Perigoso