domingo, 22 de janeiro de 2017

QUEM QUER ?


Viver é Perigoso

PORQUE HOJE É DOMINGO





Apenas caminhar mais perto de Ti,
Conceda-o, Jesus, é o meu apelo,
Diariamente caminhar junto de Ti
Que assim seja, Senhor, que assim seja.

Viver é Perigoso

FOLLOW THE MONEY



Um comentário feito pelo Engenheiro e amigo Marcos Carvalho, aqui no blog, levou-nos a rever o "Todos Homens do Presidente".
Oportuno para o momento em que vivemos.
 
A frase “Siga o dinheiro” (“Follow the money”) ficou conhecida durante a investigação feita pelos jornalistas Bob Woodward e Carl Bernstein do jornal Washington Post durante o caso Watergate, na primeira metade da década de 1970.
 
A série dos dois jornalistas é considerada por muitos a melhor reportagem investigativa da história do jornalismo mundial, e levou à renúncia do então presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon.

A principal fonte dos dois jornalistas era uma pessoa mantida sob sigilo, ao qual os repórteres apelidaram de “Garganta Profunda” (“Deep Throat”), o título de um filme pornográfico que fazia muito sucesso na época. 

Até maio de 2005, a identidade do “Garganta Profunda” foi mantida em sigilo. Até que ele próprio resolveu identificar-se: era o próprio ex-presidente do FBI (a agência americana de investigações) W. Mark Felt.

Foi Mark Felt quem, no meio da apuração jornalística, deu o seguinte conselho ao jornalista Bob Woodward: “Siga o dinheiro”. 

A frase é dita numa das principais cenas da versão cinematográfica, dirigida por Alan Pakula, do livro que Woodward e Bernstein escreveram sobre o caso Watergate, Todos os Homens do Presidente. Escondido nas sombras de uma garagem, com um cigarro aceso, Garganta Profunda diz a frase a Bob Woodward.

Blog: Lá, acolá e aqui. Simples: "Siga o dinheiro".

Viver é Perigoso

PRÁ PENSAR


"A guerra política já não é entre a direita e a esquerda – é entre individualistas e coletivistas. Em entre quem pensa primeiro em si próprio e quem pensa primeiro nos outros."

Miguel Esteves Cardoso - Jornalista e escritor português - 
Citado pelo Remy.

Viver é Perigoso