sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

O FUNDO DO POÇO


Deu no Estadão:

...Vale reler a carta assinada no tempo de dom João VI pelo encarregado de negócios francês J.B.Maler sobre dom Fernando de Portugal, conde de Aguiar, no dia seguinte ao seu falecimento: 
"Depois de ter sido Governador-Geral em São Salvador e vice-rei no Rio durante treze anos, e primeiro-ministro nove anos, Aguiar morre sem legar uma choupana à viúva; sem deixar sequer uma mobília decente. Sei positivamente que não se achou em sua casa dinheiro suficiente para o custeio do funeral.
Tanta virtude, tamanho desprendimento seria formosíssimo em qualquer país, mas no Brasil, monsenhor, é admirável, é incrível".

Pedro Cavalcanti

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: