sábado, 9 de dezembro de 2017

A QUEDA DO GENERAL


Antes de elogiar ou lamentar sobre um possível desprendimento seria bom pensar:

O General Antonio Hamilton Mourão irá para a reserva em março do próximo ano. Teria tempo para se filiar a um partido e sair candidato a algum cargo.

Em setembro passado o General já tinha provocado alguma turbulência ao mencioar o possibilidade de uma intervenção militar. Assanhou o pessoal da extrema- direita.

Não foi punido publicamente.

Na última quinta-feira, declarou o General Mourão:

"Nosso atual presidente,Michel Temer, vai aos trancos e barrancos, buscando se equilibrar, e, mediante o balcão de negócios, chegar ao final de seu mandato".

Hoje, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, confirmou que o presidente Michel Temer deverá assinar na segunda-feira o ato de exoneração do General Mourão.

Qualquer de nós podemos fazer o mesmo comentário sobre o governo Temer e não estaríamos falando inverdade. Nós podemos.

O General pode até pensar e cochichar entre os seus pares. Mas não pode se manifestar publicamente.

Nessa questão, exala um certo cheiro (ou seria aroma) de Bolsonaro no ar.

Veremos.

Viver é Perigoso

9 comentários:

Anônimo disse...

É melhor já ir se acostumando Zelador!😉

Anônimo disse...

Muito bom! Deram asas ao General, e voz.. Vai q é tua gen .

Edson Riera disse...

JÁ IR -

Nunca deixei de votar. Jamais anulei-o.

Já tenho certeza em quem não votarei de maneira alguma e o Jair não está nesse time.

Zelador

Edson Riera disse...

Asas do General,

Vamos fazendo ordem unida enquanto isso.

Zelador

Anônimo disse...

👆👆que bom! 👏

Anônimo disse...

Zelador ta na hora de vc liberar os comentários com imagem e videos ! Vai ficar legal !!!! Eu

Edson Riera disse...

Eu,

É só anexar. Não sendo pornô, sai.

Zelador

Anônimo disse...

Blogger Edson Riera disse...
Eu,

É só anexar. Não sendo pornô, sai.

Que pena...Eu tenho um dos bons tempos do cine Alvorada...Na verdade uma pornochanchada, com a Sandra Bréa...
colega de 87

Edson Riera disse...

Colega de 87,

O mais abusado filme daquela época, passaria hoje na sessão da tarde.

Deu saudade do Cine Alvorada.

Vou lembrar uma acontecido.

Zelador