sexta-feira, 24 de novembro de 2017

VANGUARDA DA UNIFEI


Deu no Facebook, no Grupo Fala Itajubá, postado pelo Administrador, Crhistian Marcel Santos.

Um aluno do curso de gradução em Administração da Universidade Federal de Itajubá defendeu o projeto de conclusão de curso de sua equipe vestido de drag queen, no último sábado.
O projeto consiste em uma plataforma marketplace voltada para drag queens e foi desenvolvido pelos alunos Bruno Costa, Luana Duarte, Paula Garrido e Rafaela Ribeiro.
Para o TCC do curso de Administração da UNIFEI os alunos devem prototipar uma startup inovadora, e é a segunda vez na história do curso que o público LGBT é contemplado em um projeto.
“Minha realização pessoal está não só em ter um projeto elogiado e aplaudido pelos professores e colegas, mas em trazer para os âmbitos acadêmico e corporativo essa temática que muitas vezes é negligenciada”, declara Bruno em entrevista ao Awebic.
O modelo de negócio chamado “Glamazon” tem como público alvo as drag queens, centralizando a venda de todos os produtos que elas precisam para compor seus figurinos em um único lugar — perucas, saltos, maquiagem, roupas, lentes de contato e acessórios.
Drag queens de todo o Brasil ajudaram na validação da plataforma, que os alunos desejam conseguir tornar realidade em breve:
“O investimento inicial gira em torno dos R$ 69.000, e esperamos atrair investidores para colocar nosso MVP no ar”, diz Luana.
Bruno, que se declara um grande fã da arte drag queen, diz ter se interessado pelo assunto após conhecer o reality show americano RuPaul’s Drag Race, declarando-se um grande fã de drag queens nacionais como Pabllo Vittar, Gloria Groove, Lia Clark, Aretuza Lovi e Ikaro Kadoshi.
“Fico muito feliz que essa categoria de artistas mega talentosos, que antes figurava num espaço underground, tenha começado a invadir o mainstream e dominar a música, a televisão e a moda.”

Viver é Perigoso

8 comentários:

Anônimo disse...

É Zelador, tbem deu nesta página q a PM comprou 48 publicações em jornais da terrinha; carinho né, feliz natal?

Edson Riera disse...

Feliz Natal,

Não entenderia jamais, se visse uma propaganda da PMI no jornal O Sul de Minas. Não pela prefeitura, mas pelo jornal.

Agora, que fica difícil para um jornal com expressivo contrato com o Executivo ser totalmente independente, não tenho dúvidas. Sempre fica no ar aquela camaradagem, contatos diretos via celular, etc.

O bom seria não ter ligação com o poder público. Mas...

Zelador

Anônimo disse...

Precisamos sobreviver, viu? Fazer o q né; as coisas estão difíceis sabe; não muda nada camarada, companheiro é companheiro .Temis q manter isso .

Anônimo disse...

Ta tudo legal . Portanto se é imoral não importa , que se dane ! É natal ....

Edson Riera disse...

Temos que manter isso,

Verdade, continue assim.

Zelador

Edson Riera disse...

É Natal,

Os tempos estão mudando. Em 1969, presenciei e até, discretamente participei, de um desfile com uns 80 marmanjos devidamente trajados com roupas e acessórios femininos. Foi por ocasião do famoso concurso "Miss Bicho". Quem fez o maior sucesso foi o meu amigo Luciano Ferrer.

É a vida...

Zelador

Anônimo disse...

É a UNIFEI ja foi respeitada.....agora está virando um circo.

Edson Riera disse...

Circo,

Com toda a modernidade e mudanças que estão acontecendo, a nossa Escola tem que ser preservada.

Zelador