domingo, 5 de novembro de 2017

FINAL DO SUPLÍCIO


Outro dia, deu no "Viver é Perigoso" :

"Cientistas dizem ter descoberto por que algumas pessoas reagem de forma intensa - com emoções que podem beirar o "ódio" - ao som de mastigação de alimentos ou de respiração e o farfalhar de folhas ou sacos de papel ou plástico.
A explicação está na misofonia, uma condição marcada por reações intensas a alguns sons específicos, bem mais complexa do que o "não gostar" de alguns barulhos. 
Cientistas britânicos mostraram que os cérebros de algumas pessoas são programados para produzir uma resposta emocional excessiva nessas situações."

Pois bem, foi noticiado que a empresa japonesa Nissin (sim, aquela do miojo) acaba de lançar um garfo eletrônico que, acoplado a um smartphone, anula o ruído irritante que sai dos lábios de quem suga um fio de macarrão da tigela.
Batizado Otohiko, o aparelho será vendido no Japão por US$ 130.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: