sexta-feira, 17 de novembro de 2017

ACONTECEU O QUE SE TORNOU INEVITÁVEL


Deu no site do jornal Itajubá Notícias, conforme comentário publicado aqui no Blog, agora á noite, dia 16/11/2017.

"Está oficializada a parceria entre a AISI e o Grupo NRE/Bozano" ( A reportagem completa poderá ser acessada no site http://www.itajubanoticias.com.br).

De forma resumida:

Aconteceu na noite de ontem, 16/11 (sic), a 23ª Assembléia Extraordinária da AISI, quando foi aprovada pela maioria dos associados presentes (51x8) a parceria entre a entidade e o Grupo NRE/Bozano.

De imediato, a AISI deixa de ser a mantenedora da Faculdade de Medicina de Itajubá, transferindo a responsabilidade para a empresa NRE Educacional. Na ocasião, a Diretoria da AISI recebeu aprovação do Conselho para seguir com o processo de estruturação da nova companhia.

Confirmada, conforme balanço publicado, que o montante da dívida da AISI, atingiu o expressivo valor de R$ 105 milhões. 

Como primeira ação advinda da negociação será investido R$ 8 milhões em melhorias na Faculdade de Medicina. Outras ações financeiras serão realizadas para minimizar a dívida que a AISI tem com fornecedores, FGTS atrasados de professores e funcionários.

A Diretoria da AISI afirmou que nada mudará no Hospital Escola. A negociação é exclusiva para a Faculdade de Medicina. O Hospital Escola receberá (mensal?) R$ 150 mil pelo aluguel do prédio da Faculdade e R$ 290 mil para que os alunos continuem os estudos no HE.

É a vida...

Viver é Perigoso

12 comentários:

Anônimo disse...

Uma vergonha pois premiaram a incompetência e uma máfia de maus administradores q parecem sair neste momento aplaudidos por todos ! Onde vamos parar? Uma escolinha detonada por poucos ! Talvez um dia vamos ter uma Faculdade de verdade! Assim como talvez um dia vamos ter uma Univetsidade de verdade na terrina! É vida que segue camarada!

Anônimo disse...

Zelador. Só para uma reflexão : o que vai acontecer com esta gente que deixou este "buracão" financeiro chegar neste ponto? Sugiro uma estátua de cada um na praça da AISI apenas para recordação . No mínimo é estranho que os mesmos continuem na chefia tocando o barco que chegou até aqui aos trancos e barrancos na mais perfeita competência ! Que merda heim! Eu heim!

Anônimo disse...

Nossaaaaaa.... Prenderam alguém ?

Edson Riera disse...

EU Hein ? e Camarada,

Tudo tem começo, meio e fim. No caso da Faculdade, teve o envolvimento de idealistas, corajosos, visionários e pessoas com características, hoje raras. No meio, considerando Faculdade/Hospital, devem ter iniciados os desequilíbrios financeiros. Quando acontece, o primeiro a deixar de receber é o governo, que não é bom cobrador mas tem memória de elefante. Num certo momento as contas, que sobem com correções e juros cavalares, têm que ser encaradas. No caso, quando da busca de empréstimos, recebimento de emendas parlamentares, etc, exigem a aprovação do cadastro. Entram num dos inúmeros refis, parcelam a dívida e assumem parcelas que sabem que não conseguirão pagar. Lidar com saúde não é lidar com uma fábrica de auto-peças ou de roupas. Existe sentimento envolvido e sentimento/negócio não são bons parceiros.
Chega num ponto que não dá mais. Aparentemente, decidiram investir no Hospital. O ensino superior de medicina é o mais procurado no país, saneado financeiramente, bem estruturado e mais, com 50 anos de tradição, pode e deve ser um bom negócio, uma vez que grupos do mercado estão investindo no setor. E empresas do mercado não visam caridade. Visam resultados, lucros, valorização, ganhos.
O pessoal optou por desfazer, mesmo que parcialmente, da Faculdade, uma vez que a mesma ainda poderá oferecer algum recurso, como aluguel do prédio e pagamento para o treinamento dos alunos (cerca de R$ 400 mil/mês). Devem separar as dívidas oriundas do hospital e as da Faculdade. Aquelas da Faculdade devem ser quitadas pelos investidores. As do hospital deverá ser parcelada em "n" meses e voltar a ser administrada. Com os recursos do governo federal repassados pela prefeitura + os R$ 400 e poucos mil vindo da Faculdade + atendimento de convênios/planos de saúde, devem ir tocando a vida.

Naturalmente, como Dr. Rosemburgo, Ítalo e tantos outros são lembrados como fundadores da Escola, os Administradores atuais, serão lembrados como aqueles que a transferiram para outros.

Resumindo, no ponto, em termos de dívida, necessidade de melhoras no ensino, em que chegou, outra alternativa não sobrou.

E a vida...

Zelador

Anônimo disse...

É .... Olha q fizeram uma apresentação para os vereadores e ficaram todos de boca aberta com o investimento mas não tiveram a capacidade de perguntar porque ? Como? Chegaram aqui? Cade o dinheiro? Como é possível este rombo? Edis???? Sabe de nada! Dói

Edson Riera disse...

Anônimo,

A Assembléia, pelo informado, transcorreu tranquila e sem tumultos, ninguém foi detido.

Zelador

Edson Riera disse...

Dói,

Não sabia que tinha acontecido uma apresentação para os vereadores. Surpresa, pois sempre alguns procuram o Zelador/Blog.

Talvez não tenham entendido ou melhor, entendido bem a situação.

Mas, por terem procurado os representantes do povo para prestar esclarecimentos já foi um passo. Faltou os vereadores informar aos seus representados. Aí já é querer demais.

Zelador

Anônimo disse...

Zezinho vamos resumir isso assim: Deixaram chegar neste ponto e se fosse em outro Pais muitos estariam presos! Agora os interesses são financeiros de verdade e se vc analizar quanto vai custar formar cada médico realmente será um valor muito alto! Mas isso não importa , vão ganhar muito dinheiro e pronto! Med -17

Anônimo disse...

O interessante é que fizeram uma romaria de apresentações pela cidade para justificar esta operação ! A pressão dos estudantes exigiu esta estratégia. Agora daqui pra frente quem vai se lascar sao os estudantes q vão pagar o preço desta nova Faculdade. Nada mais.

Anônimo disse...

Empresa privada nada deve explicar ao povo quando existe um gerenciamento honesto e competente, a não ser é claro que ..,, sei lá, as coisas andam mudando muito ultimamente e eu já estou sentindo vergonha de ver triunfar a .., Rb

Edson Riera disse...

Gente,

Uma correção: Conversei com um Vereador que me disse não saber de reunião nenhuma sobre o assunto. Se aconteceram romarias pela cidade para explicações já foi alguma coisa.

Não creio que o atual valor da mensalidade da Faculdade seja menor do que o pago em outras Escolas. Deve ser próximo.

Foi a única saída encontrada e não deixará nunca de ser uma derrota para todos nós.

Sempre creio em honestidade. Conheço as pessoas. Capacidade de gestão é outra história. Uma pessoa pode ser boa numa área e ruim em outra. Os dirigentes estão lá há muito tempo (uns 20 anos) e viveram toda a caminhada.

Os detalhes jurídicos, econômicos, administrativos têm que ser fechados cuidadosamente. Não poderá existir questionamentos futuros.

Vamos adiante.

Zelador

Anônimo disse...

Vamos adiante Zelador o tempo mostrará muito coisa, agora vou te dar uma dica, não acredite em vereador não eles tem uma mania estranha de dizer coisas! Kkkkkkka,