quinta-feira, 30 de novembro de 2017

DISSERAM :


Aprendi, afinal, que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas em que acredito.

Charles Chaplin

Viver é Perigoso

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

COMITIVA ITAJUBENSE PARA SÃO FRANCISCO - USA


Boa viagem e bons negócios.

Rodrigo Riera - Prefeito
Christian Gonçalves - Vice Prefeito
José Fernando Bissacot - Secretário de C&T
Carlos Eduardo Alves - Presidente da ACIEI
Georges Kallás - Presidente da CDL
Dagoberto Alves Almeida - Reitor da Unifei
Edson de Oliveira Pamplona - Diretor da Unifei
Juliana Caminha Noronha - Diretora da Unifei
André Gesualdi - Presidente do Sinmei
Maurício de Pinho Bitencourt - Gerente da Incubadora de Empresas
Elaine de Fátima Rezende - Gerente do Sebrae

(Algum nome pode ter sido acrescentado posteriormente) 

Justificativa: Irão em Missão Internacional para conhecer novos modelos de associações de tecnologias, parques tecnológicos, estreitar oportunidades de mercado, realizar alianças estratégicas tecnológicas internacionais. Ações que irão contribuir para o desenvolvimento científico, tecnológico, econômico e social de Itajubá, de Minas Gerais e do Brasil.

Segundo informado, todos viajarão com suas despesas cobertas pelo Sebrae.

Viver é Perigoso

COISAS DA TERRINHA


Deu no jornal Itajubá Notícias que a Câmara de Vereadores aprovou a criação do cargo de secretário adjunto na Secretaria Municipal da Saúde. Quer dizer, com os votos favoráveis dos mesmos, folgadamente na condição de maioria.

Pelo entendido, talvez Itajubá seja uma daquelas cidades que ao invés de buscar um ocupante para um cargo necessário e criado, busca criar um cargo para acolher alguém e  atender algum compromisso assumido.

Registram que a pessoa escolhida anteriormente a criação do cargo é do sexo feminino e moradora da vizinha cidade de Delfim Moreira.

Já há tempos que não acontece nenhuma  surpresa na Administração Pública Municipal. 

É a vida...

Viver é Perigoso

  

MUITA TRISTEZA


Carga horária excessiva, pressão por resultados, responsabilidade por lidar com vidas. Com as mais variadas justificativas, estima-se que 41% dos estudantes de medicina apresentem sintomas depressivos no país. Um problema de saúde pública que seria um dos motivadores para suicídios de universitários de algumas instituições de ensino.

Tese de doutorado apresentada neste ano, na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), mostra que uma parcela considerável dos futuros médicos, de todos os períodos, sofre com sintomas como cansaço, culpa, irritabilidade, tristeza, dentre outros.

Os questionários, respondidos por 1.350 alunos, de 22 universidades públicas e privadas de todo o país, apontaram ainda que 81,7% dos graduandos apresentam a chamada ‘ansiedade estado’, ou seja, aquela manifestada em determinados momentos.

Autora da pesquisa, Fernanda Brenneisen Mayer diz que o índice de 41% dos estudantes de medicina com sintomas de depressão no Brasil é bem mais alto do que as médias mundiais, que ficam em torno de 27,2%. 

Estudantes de instituições de ensino superior localizadas nas capitais são os que mais apresentam sinais de depressão. A ansiedade tem maior incidência entre os que estão em vulnerabilidade financeira e contam com bolsas de estudo. “A pressão financeira é a gota d’água para quem já sofre com outros fatores de estresse. Ela sequestra a pessoa emocionalmente e ela perde o poder de tomada de decisão”, afirma a pesquisadora.

Hoje em Dia

Viver é Perigoso

PRESEPADA

Viver é Perigoso

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

CANTINHO DA SALA

"Quero incendiar a Escola de Belas Artes com meus vermelhos e azuis." Essas são palavras de Maurice de Vlaminck, pintor francês, nascido em 1876, que revolucionou uma época.

A obra Restaurant “La Machine” está no Musée d'Orsay - Paris.

Maurice de Vlaminck, ao lado de André Derain e Henri Matisse, é considerado um dos principais nomes do movimento fauvista, surgido no final do século XIX e desenvolvido no início do século XX, que tinha por características principais o uso exacerbado de cores fortes.

O Fauvismo, tinha temática leve, baseada na alegria de viver e nas emoções, e não tinha fundamentação ou intenção crítica nem política.

O termo surgiu de uma expressão pejorativa, utilizada pelo crítico de arte Louis Vauxcelles ao ver uma obra de Henry Matisse, em 1905, no Salão de Outono, em Paris. 
A expressão utilizada pelo crítico, “Les Fauves”, significa “os selvagens”. 

Apesar dos artistas seguidores e dos adeptos do movimento renegarem a nomenclatura, esta acabou ficando na história da arte.

Viver é Perigoso

EM BRASÍLIA, 19:00 HORAS


Romero Jucá e Kátia Abreu
“A minha expulsão foi determinada por uma figura conhecida do Brasil e dos brasileiros, conhecida desde os letrados aos iletrados, conhecida desde os mais simples aos mais abastados, conhecida esta figura por ser uma pessoa nociva à vida pública brasileira e ave de rapina da coisa pública.
Das mãos de onde veio [a expulsão] é um atestado de boa conduta para o meu currículo. Essas pessoas que me expulsaram não servem ao país, eles se servem do país em seus benefícios próprios. 
Romero Jucá, esse canalha, esse crápula do Brasil, esse ladrão de vidas e almas alheias.
“Por que me expulsaram? Por que tenho princípios? Por que tenho ética? Por que tenho coerência? Por que não sou oportunista? Por que não faço parte de quadrilha? Por que não faço parte de conluio? Por que não estou presa? Por que não uso tornozeleira? Por que não tenho apartamento cheio de dinheiro? Ou por que não apareceu nenhuma mala com dinheiro da senadora Kátia Abreu? Será que é por esses motivos que fui expulsa?”

Senadora Kátia Abreu - Hoje no Senado

Blog: E agora ? Nada. 

Viver é Perigoso

É A VIDA...



Viver é Perigoso

CERCANDO O PERU


Escreveu, Luiz Ruffato para o El País.

Em dezembro as pessoas rendem-se ao consumismo desenfreado e, obedientes às luzinhas chinesas e aos obesos papai-noéis, inundam as ruas como se estivessem entorpecidas. Torna-se, então, obrigatório ser feliz – como se a felicidade dependesse única e exclusivamente do nosso poder de compra.

Essa volátil sensação de euforia que nos arrebata nesta época do ano serve apenas para nos alienar momentaneamente da realidade. 

O costume de oferecer presentes de Natal, assim como ocorre hoje em dia, é uma tradição recente, e faz parte do calendário de datas que alavancam a economia – como o Dia das Mães, o Dia dos Namorados, o Black Friday. 

Segundo dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, em outubro 61,8% das famílias brasileiras estavam inadimplentes – sendo que 10,1% delas declararam não ter condições de pagar os débitos. Dívidas com atraso de um ano atingem um terço das famílias e 24% do total das famílias endividadas gastam metade da renda para quitar contas e dívidas em atraso. O prazo de endividamento médio, ou seja, o tempo que as famílias levam para saldar suas dívidas, é de 63,8 dias.

Neste Natal, cerca de 13 milhões de pessoas estarão desempregadas – 63,7% do total são pardos ou pretos, segundo definição do Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas). De acordo com o Banco Mundial, 45,5 milhões de brasileiros vivem abaixo da linha da pobreza. No entanto, todos, empregados e subempregados, serão, em dezembro, bombardeados com a mesma mensagem: compre, senão você não será feliz. Ou, em outras palavras: felicidade se compra em até doze vezes, sem juros, no cartão de crédito.

Hoje, quase ninguém mais lembra que o Natal é uma celebração religiosa. O que menos importa neste dia é recordar o nascimento de Jesus Cristo.  Ao Natal sucede o réveillon, as férias de verão e finalmente o Carnaval. E quando entrar março, endividados, estaremos às vésperas da eleição presidencial. Implacável, a realidade arrombará a nossa porta...

Luiz Ruffato - (resumido) El País

Viver é Perigoso

DISSERAM:


"Nunca se esqueça que apenas os peixes mortos nadam a favor da corrente."

Malcoln Muggeridge 

Viver é Perigoso

FACTOIDE NA TERRINHA, HEIN ?


Factoide - Informação, verdadeira ou não, divulgada com sensacionalismo para gerar um impacto diante da opinião pública de forma à manipulá-la e atrair audiência, de acordo com aspirações pessoais ou de grupos que se utilizam de sua influência na mídia. Estes, em alguns casos estão, ou aspiram ao poder, utilizando de sua influência na mídia.
 
Viver é Perigoso

ATÉ QUE NÃO FICOU RUIM



Viver é Perigoso

PRENDAM OS XERIFES, SOLTEM OS BANDIDOS !

Viver é Perigoso

terça-feira, 28 de novembro de 2017

SÓ BEATLES



Viver é Perigoso

ACREDITE SE QUISER !


Suplicy é multado por excesso de velocidade e perde carteira. O ex-senador e vereador Eduardo Suplicy estourou o número de pontos em sua carteira de habilitação e perdeu provisoriamente o direito de dirigir em São Paulo. 
O petista compareceu nesta segunda-feira à sede do Detran para entregar o documento ao diretor-presidente do órgão, Maxwell Moura Vieira, e se informar do procedimento para reavê-lo.

Viver é Perigoso

DISSERAM :


"Nunca ninguém teve uma ideia usando terno."

Frederick Banting

Viver é Perigoso

PROJETO DE LEI DERRUBADO


O Chefe do Executivo Municipal, Sr. Rodrigo Riera, comunicou oficialmente ao Sr. Joel, Presidente do Legislativo Municipal, que vetou integralmente o Projeto de Lei nº 4.214/2017, aprovado pela Câmara Municipal, que criava o feriado municipal de 15 de setembro em homenagem a N.S da Soledade, padroeira da cidade.

Blog: Não sei no que deu a pesquisa (sugerida pelo próprio prefeito) que seria feita pelo jornal Itajubá Notícias e logicamente por isso, se a mesma foi levada em consideração. Só falta a Câmara Municipal derrubar o veto do prefeito. Em acontecendo, possivelmente o Chefe do Executivo tentará vetar o veto da Câmara, que por sua vez, na certa re-derrubará o no veto do prefeito. Conhecendo os protagonistas, tudo indica que o prefeito deverá vetar a derrubada do novo veto dos vereadores. Em seguida...

Já na Boa Vista, comentam à boca pequena que realmente, o nome da padroeira não traz boas lembranças para o pessoal do Centro Administrativo.

É a vida 

Viver é Perigoso

O PIOR TIME DO MUNDO


O Íbis Sport Club é um clube de futebol da cidade de Paulista, no estado de Pernambuco. O time ficou famoso depois que ganhou o epíteto de "pior time do mundo", afinal de contas "nada pode ser pior"

O Íbis Sport Club foi fundado em 15 de novembro de 1938, como forma de entretenimento para os trabalhadores da Tecelagem de Seda e Algodão de Pernambuco. A princípio apenas funcionários da empresa jogavam e mesmo assim eram partidas amistosas. Depois, o clube cresceu e se profissionalizou, tornando-se um dos clubes fundadores da Federação Pernambucana de Futebol. Com o passar do tempo e as dificuldades surgindo, o time foi abandonado pela empresa de tecelagem e abraçado pela Família Ramos, que o mantém até hoje.

No final dos anos 1970 e início dos anos 1980, o Íbis ganhou fama mundial por sua péssima qualidade nos gramados. Graças a nove derrotas consecutivas e depois uma sequência de 23 jogos sem vitórias, conquistou fama nacional. Foram três anos e onze meses sem comemorar uma única vitória, recorde registrado no Livro Guinness dos Recordes. 

A Oitava Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre, rejeitou um recurso da defesa de Luiz Inácio Lula da Silva para que fosse revertida a decisão do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba que, em julho, determinou um bloqueio de R$ 16 milhões em bens do ex-presidente.

O Íbis do Luís Inácio, ou melhor, o time de advogados do condenado ex-presidente, é constituído pelo casal Cristiano Zanin e Valeska Teixeira.

Viver é Perigoso

AGUARDEM !


Viver é Perigoso

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

ES LA VIDA


Me ayuda a encontrarle el sentido profundo al cuento budista que habla del náufrago que después de una larga deriva llega a una isla desierta en la que no encuentra refugio.
Decide pues construirse una cabaña con las ramas que va recogiendo y se dedica durante días a la ardua tarea. Una vez la finaliza, feliz con su hazaña, se sienta frente a ella y hace una pequeña hoguera en la que calentar la pesca que ha logrado. Una astilla prendida llega a la cabaña y el trabajo de tantos jornales se convierte en llamas. 
El náufrago, desesperado, no puede entender su suerte y la maldice con todas sus fuerzas. Aúlla y llora hasta la extenuación. Se queda dormido. 
A la mañana siguiente, cuando despierta, ve un barco que se acerca a la orilla, parece venir en su busca.

- Cómo han sabido que estaba aquí? –pregunta el náufrago a un tripulante.

- Vimos las señales de humo.

Así es: a veces lo que parecen nuestros mayores fracasos, lo que se nos antoja, en principio, una desgracia, pueden ser nuestros mayores logros, puede ser lo que nos salve la vida.

Vivir es Peligroso

FOI SEM NUNCA TER SIDO


Sinceramente ? Nunca assisti, nem por alguns minutos, o programa do Sr. Luciano Huck. Até pensei que iria vê-lo no horário político eleitoral, que também não deixa ser de ser um programa de auditório, só que com menor audiência
Uma candidatura que tinha tudo para não decolar. Nada a ver com possíveis deficiências da base de lançamento utilizada na terrinha (quando da gravação de trecho de um programa no final de setembro). 

Aqui não é Alcântara no Maranhão.

Viver é Perigoso

DISSERAM :


"Não importa quem você seja, mas vai ter que servir alguém sim. Bom, pode ser o diabo ou pode ser o Senhor, mas você vai ter que servir alguém. A escolha é sua."

Bob Dylan

Viver é Perigoso


MOÇA BONITA


Viver é Perigoso

OUTSIDER

Viver é Perigoso

domingo, 26 de novembro de 2017

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE


Elwyn Brooks White, escritor e colaborador da revista "The New Yorker" por 50 anos, conhecido por E.B. White. Fotografado pela Jill Krementz. 
Fotografia citada pelo William Zinsser, nas primeira linhas do seu best-seller "Como escrever bem", com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.

Viver é Perigoso

DISSERAM:



"Só há duas opções nesta vida: se resignar ou se indignar. E eu não vou me resignar nunca."
Darcy Ribeiro

Viver é Perigoso

PORQUE HOJE É DOMINGO



Viver é Perigoso

TOMOU O BARCO


Tomou o barco hoje em Itajubá, a Leide Carvalho Romano, para nós da Boa Vista, a Leide do Sr. Vitor da Fármacia N.S. Aparecida na Rua Miguel Braga e da Dona Vitalina. Também para todos os itajubenses, a Leide do Dr. Rosemburgo.

Na realidade, o Sr. Vitor era o Senhor Vital Eufrásio de Carvalho.

A casa do Sr. Vital permanece intocável na Praça da Igreja São José, onde continua morando o Eng. Cláucio Galo Carvalho, filho mais novo do casal, Vital e Dona Vitalina, que vieram da vizinha Natércia.

Família bonita. José Hugo, o conhecido Bagunça, Airton Galo de Carvalho, o Tirolesa, era o segundo da família. As moças bonitas, Leila, que casou com o Julinho Caputo, a Leide, esposa do ex-prefeito, por duas vezes e deputado, Dr. Rosemburgo Romano, idealizador do Hospital e da Faculdade de Medicina e a Leda, amiga de infância, que tomou o barco, com muitíssima antecedência, aos 30 anos, em 1978.

Família extraordinária.

Viver é Perigoso

sábado, 25 de novembro de 2017

DISSERAM:


"...porque uma única mala talvez não desse toda a materialidade criminosa que a gente necessitaria para resolver se havia ou não crime e quem seriam os partícipes e se havia ou não corrupção."

Fernando Segovia - Diretor Geral da Polícia Federal

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA


Blanca Suarez
Viver é Perigoso

É A VIDA...


Cheguei antes das 7 horas para um exame médico. Em São Paulo, com convênio, o ambiente de espera é extremamente acolhedor, confortável e mesmo chic. 
Quase em seguida sentou de frente, numa poltrona distante 4 metros, uma jovem senhora de estimados 50 anos. Chegou, aparentemente preocupada e um pouco desarrumada.
A espera estimada é de 20 minutos. Não ultrapassa isso.
Disfarçando com o celular, que estava descarregado, concentrei -me em observar a Sra. Blonde, que abriu e dispôs sobre o assento ao seu lado uma bonita bolsa.
Sacou de um pequeno espelho e uma embalagem contendo um produto não identificado e um pequeno pincel. Fechou os olhos e com habilidade incomum, aplicou uma "mão" da tinta incolor, nos cílios.

Para ser sincero, passei a reconhecer que a Sra Blonde deveria ter um pouco mais de 40 anos de idade.

Voltou-se para a bolsa mágica, retirou um latinha acompanhada de uma espécie de esponja. Fazendo delicados trejeitos faciais, aplicou um pó, quase creme, em todo o rosto, com uma perfeita noção de sombras dignas dos grandes mestres da pintura.

Para ser sincero, passei a reconhecer que a Sra Blonde deveria ter um pouco mais de 30 anos de idade.

Voltou-se para a sua bolsa e de posse de um moderno tubinho de batom rosáceo, fez um biquinho a lá Brigite Bardot e transformou os seus lábios.

Para ser sincero, passei a reconhecer a Srta. Blonde deveria ter uns 28 anos no máximo.

Voltou-se para a sua caixa de ferramentas, ou melhor, para a sua bolsa, e com uma leve e anatômica escova, ajeitou suas mechas iluminadas. Fios longos e sedosos. Lembrei-me da pantera Farrah Fawcett.

Para ser sincero, passei a reconhecer que a Srta. Blonde deveria ter uns 25 anos no máximo.

O sinalizador digital indicou o número da sua senha, acreditei, pois ela ajeitou a bolsa e antes de se levantar, aspergiu alguma gotas de um perfume, suave, inebriante, discreto e de médio alcance. Levantou-se e flutuou até o setor de atendimento.

Para ser sincero, passei a reconhecer que a Srta Blonde ainda não deveria ter os seus 20 anos.

É a vida...

Viver é Perigoso 

É DISCO QUE EU GOSTO



Viver é Perigoso

GAROTINHO

Viver é Perigoso

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

DISSERAM :


Nós, da imprensa, somos uns criminosos do adjetivo. Com a mais eufórica das irresponsabilidades, chamamos de "ilustre", de "insigne", de "formidável", qualquer borra-botas.

Nelson Rodrigues

VEJA DESTA SEMANA


Deu no "Viver é Perigoso" no dia 18 de novembro de 2013

"Caso mensalão. Muito falado e comentado porque até então, a impunibilidade aos "poderosos" era regra.
Pensando bem, tudo dentro da quase normalidade. 
Sob críticas, tão somente a demora no julgamento e a utilização das inúmeras protelações permitidas pela Lei.
Erraram, foram denunciados por um dos condenados (Roberto Jefferson), julgados com direito a assistência da mais nobre casta de advogados do país e sentenciados por um Juiz destemido.
Quem foram os grandes ganhadores ?
Justamente. Os grandes escritórios de advogados do país. Valores que ultrapassam dezenas de milhões de reais.
Pagos sabe lá por quem, uma vez que, exceto alguns privilegiados, todos condenados declaram ter um estilo espartano de vida.
E os admirados defensores não estão satisfeitos. Querem mais. Acenam para os condenados com possibilidades infinitas de argumentos e chances de tratamento diferenciado no cumprimento da pena.
Mais grana.
Nunca serão de conhecimento público os valores recebidos e muito menos a origem.
E se for estendida a temporada de "caça aos corruptos", os estrelados advogados estarão diante de um filão. "

É a vida.

Viver é Perigoso

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Frida Kahlo e Diego Rivera, 1933.
Viver é Perigoso

PANORAMA VISTO DE CIMA


Não está fácil não. A Prefeitura vai adquirir um Drone - Veículo Aéreo Não Tripulado, para atender a Guarda Municipal.
Acontecerá através do Pregão Presencial nº 109/2017, no dia 04/12/2017, ás 14:00 horas.

Bom combinar com a Helibrás, senhora dos nossos ares há séculos.

Comentou um invejoso da Boa Vista, é claro, possivelmente a absurda tragédia argentina tenha provocado a suspensão dos estudos sobre mini-submarinos para o lago.

Viver é Perigoso 

FUNCIONÁRIO PADRÃO !


Viver é Perigoso

ADRIANA VAI ÀS COMPRAS

Viver é Perigoso

VENTOS DE GUERRA


Como sempre, decisões tomadas em Belo Horizonte, podem provocar mudanças na terrinha. Eleições deverão acontecer na Federação das Indústrias de Minas Gerais, entre fevereiro e maio de 2018.
Desta vez, segundo comentários publicados nos principais jornais da Capital, a disputa será acirrada. Faz sentido. 

O sistema Fiemg (incluindo o sistema S) tem orçamento anual de R$ 1,2 bilhão. Sendo R$ 600 milhões em receitas próprias e o restante em repasses e convênios com a Confederação Nacional da Indústria, além de parceiras com diversas instituições. O colégio eleitoral tem 139 votos, representando sindicados pequenos a grandes de variados setores e que congregam 80 mil empresas registradas na Junta Comercial de Minas Gerais.

Comentam-se sobre dois candidatos: Alberto Salum, situacionista e ex-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Pesada de Minas Gerais e Flávio Rosco e presidente do Sindicato da Indústrias Têxteis de Malhas de Minas Gerais.

O racha na Fiemg começou justamente quando o Presidente Olavo Machado quis candidatar-se pela terceira vez. Os associados tiveram que votar para mudar o estatuto, permitindo o terceiro mandato. 

O candidato da situação, Alberto Salum, lembrou que, na ocasião, apoiou Olavo Machado quando ele quis mudar o estatuto da Fiemg para candidatar-se a um terceiro mandato, mesmo não concordando com a medida.

Flávio Roscoe coordenou a oposição à alternativa. Conseguiu derrubar Machado nas urnas com maioria dos votos, o que o fortaleceu como candidato oposicionista. 

O candidato Salum passa uma mensagem aos outros presidentes de sindicatos com direito a voto: participaram da gestão anterior e têm compromisso com ela. Seria o caso do Sindicato da Indústria Metalúrgica de Itajubá.

O candidato Roscoe passa uma mensagem que está na moda no Brasil: o de mudança, oxigenação, descontinuidade.

Se não ocorreu nenhuma alteração de bastidores, o quadro é esse aí.

Viver é Perigoso

VANGUARDA DA UNIFEI


Deu no Facebook, no Grupo Fala Itajubá, postado pelo Administrador, Crhistian Marcel Santos.

Um aluno do curso de gradução em Administração da Universidade Federal de Itajubá defendeu o projeto de conclusão de curso de sua equipe vestido de drag queen, no último sábado.
O projeto consiste em uma plataforma marketplace voltada para drag queens e foi desenvolvido pelos alunos Bruno Costa, Luana Duarte, Paula Garrido e Rafaela Ribeiro.
Para o TCC do curso de Administração da UNIFEI os alunos devem prototipar uma startup inovadora, e é a segunda vez na história do curso que o público LGBT é contemplado em um projeto.
“Minha realização pessoal está não só em ter um projeto elogiado e aplaudido pelos professores e colegas, mas em trazer para os âmbitos acadêmico e corporativo essa temática que muitas vezes é negligenciada”, declara Bruno em entrevista ao Awebic.
O modelo de negócio chamado “Glamazon” tem como público alvo as drag queens, centralizando a venda de todos os produtos que elas precisam para compor seus figurinos em um único lugar — perucas, saltos, maquiagem, roupas, lentes de contato e acessórios.
Drag queens de todo o Brasil ajudaram na validação da plataforma, que os alunos desejam conseguir tornar realidade em breve:
“O investimento inicial gira em torno dos R$ 69.000, e esperamos atrair investidores para colocar nosso MVP no ar”, diz Luana.
Bruno, que se declara um grande fã da arte drag queen, diz ter se interessado pelo assunto após conhecer o reality show americano RuPaul’s Drag Race, declarando-se um grande fã de drag queens nacionais como Pabllo Vittar, Gloria Groove, Lia Clark, Aretuza Lovi e Ikaro Kadoshi.
“Fico muito feliz que essa categoria de artistas mega talentosos, que antes figurava num espaço underground, tenha começado a invadir o mainstream e dominar a música, a televisão e a moda.”

Viver é Perigoso

FELIZ CAIXA 2

Viver é Perigoso

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

É A VIDA...



Viver é Perigoso

DISSERAM


"Peguei 145 anos de cadeia e pedi para o Juiz: abate para 140 ou arredonda para 150".

Volta-Seca (último remanescente do bando de Lampião em entrevista -1973)

Viver é Perigoso

E POR FALAR EM COMITIVAS


A última grande comitiva formada para lutar pelo desenvolvimento de Itajubá aconteceu em 1967.


Uma comitiva de cerca de 40 pessoas, entre os quais: Rosemburgo Romano, José Ribeiro Filho, Dr. Walter Cabral (Juiz de Direito), Sebastião Osvaldo da Silva, Dep. Euclides Cintra, Dep. Luiz Fernando Faria de Azevedo, Dr. Amarílio Barreto Costa, Dep. Aureliano Chaves entre outros (estamos pesquisando os nomes), dirigiu-se ao Conselho Federal de Educação no Rio de Janeiro para protocolar o projeto de criação da Faculdade de Medicina de Itajubá.

O então prefeito de Itajubá Tigre Maia, neto do escritor Bastos Tigre, também integrante da comitiva e que deu grande apoio a todo processo de criação da Faculdade, preparou o campo para a entrevista com o diretor do Departamento de Educação, Sr. Epílogo Gonçalves de Campos.


O Conselho Federal de Educação, em 01 de abril de 1968, autorizou o funcionamento da Faculdade de Medicina de Itajubá, sendo esta a data oficial de sua criação. Foi convocado o primeiro vestibular.

Dados Armelim Guimarães.

Após 50 anos, uma nova comitiva já foi definida para colocar a terrinha na vanguarda tecnológica, com representantes do Executivo, setor de educação, setor comercial e talvez do  industrial. Do legislativo, nem pensar.

Viver é Perigoso  

FALTA UM

Viver é Perigoso

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

AGORA VAI !



Bom saber que Santa Clara está situada a 72 kms de São Francisco, na Califórnia, é claro.

Quando tomei conhecimento da viagem da comitiva itajubense para São Francisco no período de 02 a 9 de dezembro/2017, fui tomado por uma quase euforia.

Explico: A empresa Siva Power, cuja vinda para a terrinha foi anunciada na véspera da eleição do ano passado, está instalada em Santa Clara. 
Pelo tamanho e importância dos componentes da comitiva, inclusive Prefeito, Vice, Secretário Bissacot, Reitor e professores da Unifei, presidentes da CDL e ACIEI e outros dirigentes, exclamei : Agora vai ! Empregos à vista ! Estão indo assinar a papelada.

A leitura do Ofício Convite do SEBRAE, que se responsabilizará por todas as despesas da viagem, deu uma desanimada. Não tocaram no assunto. Ou estão preparando uma grande surpresa para ser anunciada pelas redes internacionais ? 
Não iriam deixar a cidade desfalcada de tantas cabeças pensantes por tão longos dias para visitas tecnológicas.

Aguardem ! Poderemos ter notícias de impacto.

A surpresa foi a notícia que o Vice Prefeito Cristian embarcará junto. Durante o período, o Vereador Joel da Guadalupe assumirá a chefia do executivo. Quem sabe não sai um feriado em homenagem a N.S. da Guadalupe. 

Imperdível, em estando em São Francisco, uma visita a antiga Prisão de Alcatraz, onde Al Capone passou uns tempos.

Viver é Perigoso

SAUDADES DO PT


Após “mamar” bilhões do Brasil, a ditadura de Cuba agora hostiliza o governo brasileiro. Retirou sua embaixadora e faz a grosseria de nem sequer responder aos pedidos de agrément para embaixador brasileiro em Havana. 

Somente em duas jogadas, nos governos do PT, em dois anos, Cuba embolsou R$7,2 bilhões do Brasil: R$2,7 bi para o porto de Mariel, construído pela Odebrecht, e R$4,5 bilhões do “Mais Médicos”.

A derrocada petista e a punição aos corruptos fez secar a fonte de dinheiro fácil, daí a hostilidade de Cuba contra o governo brasileiro.

Último embaixador brasileiro, Cesário Melantonio deixou Havana em 13 de abril. A embaixadora cubana foi retirada de Brasília há um ano. 

Cuba já recusou três indicações de embaixadores em Havana. A indicação mais recentemente ignorada foi a do diplomata Fred Meyer.

Cláudio Humberto

Viver é Perigoso

NU NUNTIUM NECARE


Pois bem, o mundo inteiro ficou sabendo que a Polícia Federal localizou mais de R$ 50 milhões, em dinheiro vivo, num apartamento ocupado pelo político Gedel Vieira Lima. Identificadas impressões digitais e outras evidências.

O ex-ministro foi preso e nada sobre a origem da grana.

Muitas outras denúncias andam acontecendo por esse Brasil afora.

Os famosos, e caros, advogados que defendem (indefensáveis) denunciados, questionam e exigem da justiça que forneça o nome dos possíveis denunciantes ???

Está virando moda no Brasil. Matem o mensageiro !

Conta história que Dario III, rei da Pérsia, cometeu erros de estratégia de guerra quando derrotado por Alexandre, o Grande. Informado do possível infortúnio de suas estratégias por Charidemos, Dario III mandou matá-lo. Também, Gengis Khan, valorizava, mas temia os mensageiros, pois quando a mensagem trazida era ruim, ou não poderia ser espalhada, Gengis Khan não titubeava em matar o mensageiro na hora. Assim, surgiu o provérbio latino “Ne nuntium necare”: Não mate o mensageiro.

Guardadas a astronômica distância, uma vez que estão os comentários contém opiniões  jamais ofensivas a honra de quem quer seja, o Blog foi questionado, amistosamente, sobre a possibilidade de identificação de um Anônimo.

O comentado não foi discutido e/ou contestado. O comentarista, sim.

É a vida...

Viver é Perigoso

DESCLASSIFICADOS


Viver é Perigoso

terça-feira, 21 de novembro de 2017

REVISÃO DOS 70

Modelo 1947
Para sua informação, o "Viver é Perigoso" não desistiu da luta e desanimou de vez. O distanciamento se dá em razão da revisão geral dos 70.000 kms rodados.

Viver é Perigoso

PESQUISA - ELEIÇÕES NO RIO


Viver é Perigoso

domingo, 19 de novembro de 2017

DISSERAM


"Em política, a comunhão de ódios é quase sempre a base das amizades".

Charles Tocqueville

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA



Viver é Perigoso

AS DUAS FACES DA GLÓRIA


Repórter desde os 16 anos de idade, William Waack foi correspondente de guerra em nove conflitos e cobriu alguns dos maiores conflitos e cobriu alguns dos maiores eventos internacionais das últimas décadas: Revolução do Irã, a queda do Muro de Berlim, o fim da União Soviética, entre outros. Durante mais de duas décadas atuou como correspondente internacional na Alemanha, na Grã-Bretanha, no Oriente Médio, na Rússia e nos Estados Unidos.
Passou por algumas das principais redações do país, como Veja, Jornal do Brasil e O Estado de São Paulo. Na Rede Globo, desde 1996.
Duas vezes ganhador do Prêmio Esso de jornalismo por sua cobertura da Primeira Guerra do Golfo, em parceria com Helio Campos Mello, e pelas revelações dos arquivos em Moscou sobre a Intentona Comunista de 1935 no Brasil, tema de seu livro "Camaradas".
William Waack formou-se em jornalismo na USP e em ciências políticas, sociologia e comunicações pela Johannes Gutenberg Universitãt de Mainz, Alemanha, com mestrado em relações internacionais.

Interessante de ler o livro "As duas faces da glória - A FEB vista pelos seus aliados e inimigos", escrito pelo William Waack, que faz um relato original e polêmico sobre a participação dos brasileiros na 2ª Guerra Mundial. Fugindo das velhas verdades oficiais e do ufanismo nacionalista, Waack apresenta a visão dos outros a respeito dos brasileiros.

Waack, um admirado jornalista que, nos bastidores da TV, cometeu um erro ao fazer um comentário desnecessário e ofensivo. Errou, como todos erram.

Não merecia passar por esse fuzilamento. Que se desculpe e siga adiante.

Viver é Perigoso