sexta-feira, 13 de outubro de 2017

O PÉ DE PORCO


Deu no Jornal  "Itajubá Notícias" o fechamento da tradicionalíssima Cantina Pé de Porco. Caso não se reverta, mais uma página da história da terrinha está sendo virada.

Naquele local, o Pé, como é tratado pelos de casa, estava há 54 anos, desde que substitui o também famoso na época, "Gruta da Onça".

Boas lembranças do Sr. José e de toda sua família. De muitos anos para cá, sob o comando do Ronaldo, da Marly e dos filhos.

A minha geração (estava com 16 anos) esteve no "Pé" desde a sua inauguração. As primeiras cervejas para dar coragem para aproximar-se da mocinha que fazia participava do footing da Praça, do "esquenta" para ir aos bailes do Clube Itajubense e o "Cinzano com Cachaça" para tentar esquecer um "fora" levado .

Lá aconteceu a despedida de civil ao sentar praça no batalhão e a comemoração, um ano depois, quando do desligamento do Batalhão. A festa da aprovação no vestibular na Efei, a comemoração da formatura e a oficialização como Central de Encontros, a cada 5 anos, da Turma de 1973 (devidamente registrados, com placas comemorativas fixadas nas paredes, sempre providenciadas pelo Walter Bianchi).

As passagens pelo "Pé " foram se espaçando, mas desde a sua inauguração e funcionamento naquele lugar, se passaram 54 anos. Grandes amizades construídas e porque não, muitos muros políticos, onde muitos se situaram de um lado  ou do outro. Mineiramente, a maioria continua posicionada sobre.

Período movimentado os anos que tiveram os nossos amigos portugueses à frente das empresas Cabelte/Cabelauto. Eles adoravam o bar e foi inesquecível a presença do (caso houvesse monarquia) Rei e da Princesa de Portugal em um almoço, quando, atendendo ao pedido de um importante convidado, foi servida uma suculenta feijoada acompanhada de salada de alface.

Com a permissão do Sr. Zé, para lá foi levado, pelos idos de 1972, um dourado de 6 kgs, capturado pelo Sr. Zé Riera, assado no forno da Padaria Boa Vista e servido durante um almoço de estudantes de engenharia.

Tudo passa, exceto a lembranças de momentos decisivos. No "Pé", aconteceram muitos deles.

Viver é Perigoso

      

4 comentários:

Anônimo disse...

Fechou Riera? Q triste ! Ta difícil aí na terrinha, estes dias foi a Guanabara, e assim vamos indo....mais uma moção de tristeza para a Câmara homenagear ... Merecem sao trabalhadores do bem ou melhor da feijoada semanal!!! Olha o Santi aí preparando uma festa pra eles , vc conhece vc confia!🐂🐂🐂🐷🐷🐷🐷porquinho.

Anônimo disse...

Que coisa heim?

Anônimo disse...

a cidade esta se modernizando. primeiro a guanabara se foi agora o pe de porco .. sai de cena dois icones da antiga itajuba e chegam. . bem .. chegam .. é. . nao chega nada .

Edson Riera disse...

Nada,

Tem um parque e chegarão cinemas, 4 salas de um golpe só.
Empregos ? Ano que vem chegarão.

Zelador