sábado, 21 de outubro de 2017

CANTINHO DA SALA

Niki de Saint Phalle
Catherine-Marie-Agnés Fal de Sainte Phalle, simplesmente, Niki de Saint Phalle. Pintora, escultora e cineasta francesa. Nasceu nas proximidades de Paris em outubro de 1930. Mudou-se para os EUA em 1975.

Artista que se destacou usando a técnica do papel machê. Em 1965, ela criou as primeiras Nanás (em francês, moças), esculturas que lhe deram fama. Feitas de lã, fibra de algodão, papel machê e tela de arame, as Nanás são grandes bonecas que representam o mundo feminino. 

Também são de autoria de Niki de Saint Phalle as esculturas da praça Igor Stravinsky, em frente do Centro Cultural Beaubourg, no centro de Paris, França.

Ex-modelo fotográfico das revistas Vogue, Harper's Bazaar e Life nos anos 40, a artista francesa se notabilizou por inventar um mundo de cores puras e movimentos lúdicos.

São obras de impacto com ironia e humor, pontuadas por um alegre colorido, marcadas por expressivas e apoteóticas figuras femininas, redondas e generosas.

Acima a obra Vive l'Amour, 1990 - Sprengel Museum, Hanover - Germany.

Disse Nike de Saint Phalle, que tomou o barco em 2002, em San Diego, na Califórnia:

“.quanto a mim, eu me mostraria. Mostrando tudo. Meu coração, minhas emoções. Verde-vermelho-amarelo-azul-violeta. Ódio, amor, riso, medo, ternura...” 

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: