domingo, 10 de setembro de 2017

POIS É ...


"O que mais falta neste País é vergonha na cara das pessoas que cometem grandes, médias ou pequenas corrupções".

Disse Paulo Stark, presidente-executivo da Siemens (Engenheiro nascido em Curitiba - 49 anos - formado pelo Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná), durante o Fórum CEO Brasil, com a participação de cerca de 100 presidentes de empresas brasileiras e multinacionais.

Nem a sua própria companhia escapou dessa situação. A empresa foi abalada por dois escândalos: um mundial e outro nacional. No Brasil teria pago pelo menos R$ 30 milhões em suborno para venda de equipamentos de metrô e trens, em São Paulo e no Distrito Federal.

Disse ainda: A Siemens lamenta todo o escândalo e nós temos muita vergonha do que fizemos. O foco único e exclusivo no resultado financeiro é que levou ao escândalo. As empresas precisam monitorar os movimentos para evitar esses desvios. No mundo há uma porcentagem de pessoas mal-intencionadas, criminosas. Sua companhia  vai ter também. Então, cuidado para evitar que essas pessoas possam agir. (extraído do uol)

Blog: Em todos os lugares existem espertinhos, principalmente, quando os recursos envolvidos não são próprios.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: