domingo, 24 de setembro de 2017

PORQUE HOJE É DOMINGO



Esta é minha pequena luz,
Eu vou deixá-la brilhar.
Todo dia, todo dia,
Todo dia, todo dia,
Vou deixar minha pequena luz brilhar.
Na segunda-feira, ele me deu o dom do amor;
Na terça-feira, a paz veio de cima.
Na quarta-feira me disse para ter mais fé;
Na quinta-feira, deu-me um pouco mais de graça.
Na sexta-feira, me disse para vigiar e orar
No sábado, me disse exatamente o que dizer,
No domingo, deu poder divino
Só para deixar minha pequena luz brilhar.
Agora, alguns dizem que você tem que correr e se esconder.
Mas nós dizemos que não há lugar para se esconder.
E alguns dizem deixar os outros decidirem,
Mas nós dizemos que as pessoas decidem.
Alguns dizem que o tempo não é certo,
Mas dizemos que o tempo apenas é certo.
Se há um canto escuro em nossa terra,
Você tem que deixar sua pequena luz brilhar.

Viver é Perigoso

sábado, 23 de setembro de 2017

NINGUÉM É DE FERRO !



O LONDOM UAI PUB, recebeu a fiscalização noturna da vigilância sanitária municipal de Itajubá com o Secretário de Saúde municipal Dr. Nilo Baracho. 
De forma Transparente, analisaram e avaliaram tanto a cozinha, quanto banheiros e também o salão do 🇬🇧LONDON UAI PUB. 
Como era de se esperar, foi aprovada a qualidade dos produtos e serviços e prestado um valioso serviço orientativo.
Em tempo: Não foi observada a presença de advogado, policiais e da imprensa.

Viver é Perigoso



😃




LAMENTÁVEL

Viver é Perigoso

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

DURO NA QUEDA

Bastante procedentes os comentários dando conta que a verdadeira oposição ao Prefeito Municipal está dentro da própria prefeitura. Se não vejamos:

Sob o título "Decisão do Prefeito Municipal", o site da PMI, publica hoje, 22/9/2017 (assinado em 21/9/2017) que o Chefe do Executivo acolhe integralmente o Parecer Jurídico do Procurador Geral do Município, como razão de decidir, como se aqui transcrito, para fim de decretar a nulidade da Tomada de Preços 003/2017. destinado à contratação de empresa especializada em recapeamento asfáltico das vias´públicas de Itajubá pelo vício apontado.

Pois bem, seguindo os acontecimentos:

1 - A Tomada de Preços 003/2017, de 14/6/2017, tratou da contração de empresa especializada em recapeamento asfáltico das vias públicas de Itajubá.

2 - A Ata Final de Classificação de empresa para o recapeamento asfáltico das vias públicada de Itajubá, de 16/8/2017 (publicada no mesmo dia), decide classificar a empresa "DURO NA QUEDA CONSTRUÇÕES LTDA" pelo valor proposto de R$ 1.055.735,36 e ainda devido a mesma ter apresentado proposta condizentes com os termos do edital, bem como ter atendido todas as legislações vigentes.

3 - Foi assinado, no dia 25/8/2017 e publicado no dia 29/8/2017, o Contrato 041/2017, celebrado entre o município de Itajubá e a empresa DURO NA QUEDA CONSTRUÇÕES LTDA, para recapeamento asfáltico das vias do município.

4 - Datado de 28/8/2017 e publicada no dia 15/9/2017 no site da Prefeitura Municipal de Itajubá, a determinação da  paralisação da execução da obra de asfaltamento asfáltico das vias do município, em decorrência do órgão fiscalizador Caixa Econômica Federal estar analisando o processo licitatório e não ter liberado a AIO - Autorização de Início de Obra.

5 - No dia 20/9/2017, o Jornal Itajubá Notícias, em sua edição impressa, informou que em contato com a Secretaria Municipal de Comunicação (acontecido no dia 18/9/2017) , foi informado que a Ordem de Serviço foi liberada e ela prosseguia normalmente.

6 - No dia 20/9/2017 (quando o jornal chega as bancas), a reportagem do IN esteve no local das obras e constatou que as mesmas não tinham sido reiniciadas. De imediato, registrou o fato na sua edição eletrônica (20/9/2017). Acrescentando, que em contato com o Eng. Fábio Salomon, da empresa DURO NA QUEDA CONSTRUÇÕES LTDA, o mesmo informou que já havia recebido a Ordem de Serviço e que a partir do dia 1º de outubro estaria na cidade dando continuidade ao serviço.

Como dá para observar, um dia depois (21/9/2017), o Prefeito Municipal, em razão dos vícios apontados pelo Procurador do Município, decretou a nulidade da Tomada de Preços 003/2017. Sem "tirar uma" com ninguém, possivelmente, apenas a anulação da Tomada de Preços não signifique que a Ordem de Serviço não possa seguir em frente.

É a vida...

Viver é Perigoso  

O PIÁ DA FRIBOI


Viver é Perigoso

E SEGUE A VIDA ...


Sinceramente ? Pensava em nem tocar no assunto, mas o Marco Gonçalves do jornal O Sul de Minas, diligentemente, escreveu sobre o assunto na edição desta semana. O jornalista tratou do, para nós, pouco aguardado Ranking Universitário da Folha.

A nossa Escola segue lutando na 54ª posição, enquanto alçada entre as 1.000 no planeta. Já está bom.

A Facesm e a Fepi, lutam como podem.

O duro é ver a Faculdade de Medicina de Itajubá ocupando as últimas posições do Ranking. Pior de tudo, é  que passou a ocupar o agrupamento mencionado "entre 200 e 250". Mais ou menos, como "outras". Isso incomoda.

No ano passado, preocupado, tratamos do assunto no Blog Viver é Perigoso e ouvimos da comunidade um estrondoso silêncio e chegamos até nos deparar com "caras viradas".

Tratou-se de um grito de alerta.

Leiam a reportagem no O Sul de Minas, uma vez que, certamente, não verão ou ouvirão mais ninguém da terrinha falar do assunto..  

Viver é Perigoso     

O BOM COMPANHEIRO



Camarão ? só com arroz.

Picanha ? só com arroz.

Abobrinha ? só com arroz.

Bacalhau ? só com arroz.

Carne moída ? só com arroz

Dobradinha ? só com arroz

Pastel ? só com arroz.

Costelinha de porco ? só com arroz.

Linguiça frita ? só com arroz.

Feijoada ? só com arroz.

Pizza ? só com arroz.

Franguinho caipira ? só com arroz.

Leitoa pururuca ? só com arroz

Sem arroz ? só risoto. E olhe lá !

Viver é Perigoso

SUTIL COMO UM ELEFANTE DANÇANDO VALSA

Foto Itajubá Notícias
Descalços e de topada em topada, a Prefeitura de Itajubá e a tropa de choque formada na Vigilância Sanitária segue fazendo estragos. Inspecionados escolhidos a dedo e outros escolhidos por possíveis e inexplicadas amostragens, abordados na clara tentativa de "democratizar" as ações.

Todos os empreendimentos, obrigatoriamente têm que funcionar dentro das leis e das regras estabelecidas. Ao contrário da Câmara de Vereadores, que é desestimulada e mesmo proibida de fiscalizar a Administração Municipal, talvez a razão mais importante da sua existência, os órgãos da Prefeitura têm que cumprir suas obrigações.

Cumprir, com jeito, com classe, respeitando e buscando preservar os interesses dos cidadãos.

Na última terça-feira, a Vigilância Sanitária (ligada a Secretária da Saúde Municipal), chefiada pelo Sr. Baracho, interditou a instituição Med Leader, que cuida de longa permanência de idosos, localizada no Bairro BPS. Pasmem-se: Deram 72 horas para que os idosos fossem retirados e colocados sob a responsabilidade de suas famílias.

Argumentos : remédios sem a indicação de lotes, falta de comunicação à poderosa Vigilância Municipal sobre a mudança de endereço e o flagrante Maior: Existência de canil/cachorro nos fundos do imóvel. 

Nada, absolutamente nada, que não pudesse ser resolvido com a firmação de Documento para Ajustamento de Conduta. Uma conversa, eventualmente uma multa e claro, bom senso.

Hoje, está acontecendo um grande corre-corre para se tentar suspender o despejo determinado. 

Obrigatoriamente, pelos acontecimentos e providências tomadas nos últimos anos pelo Executivo Municipal, somos levados a buscar explicações mais realistas.

Primeiro, a possível existência de interesses comerciais no segmento. Mais cedo ou mais tarde entenderemos o razão da destemperada operação.

Segundo, a surpreendente operação, embora os proprietários o imóvel não participem da empresa interditada, naquela que foi residência do criador de todo o Bairro, o ex-prefeito, Benedito Pereira dos Santos, Sr. BPS. Um enorme e definitivo simbolismo.

Os políticos hoje no poder, embora com profundas divergências ideológicas no passado com o Sr. BPS, conseguiram atingir o poder graças a parceria e a aliança com o ex-prefeito.  Aparentemente, não apreciam essas lembranças.

Repetindo: Somos levados diariamente a imaginar as razões para os atos dos políticos brasileiros. Isso já está cansando a todos.

Viver é Perigoso 

VEM AÍ MAIS UM PACOTE DE EMENDAS !


Viver é Perigoso

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

É DISCO QUE EU GOSTO



Viver é Perigoso

OH ! MINAS GERAIS !


O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Adalclever Lopes -  do PMDB - arquivou o pedido de impeachment contra o governador do Estado, Fernando Pimentel - do PT. 
A assessoria da Assembléia afirmou que o peemedebista Adaclever deixou de receber o pedido de impeachment do governador por entender que o requerimento não atende os requisitos legais previstos na Lei Federal 1.079/1950, que define os crimes de responsabilidade e regula o respectivo processo de julgamento.

Blog: Tudo em paz. Arquivado lá e consequentemente, arquivado aqui.

Viver é Perigoso

EMPRESÁRIO NA GESTÃO PÚBLICA

Deu na BBC

Um estudo realizado na London School of Economics (LSE) - uma das mais renomadas universidades do Reino Unido - contesta o argumento de que empresários são melhores administradores públicos. Pesquisadores da universidade londrina resolveram averiguar empiricamente se a experiência na direção de empresas se revertia em boas gestões públicas.

Muita gente se perguntou se um empresário estaria apto a ser um político melhor. Fomos tentar responder a essa pergunta", diz Eduardo Mello, professor de Relações Internacionais da Fundação Getúlio Vargas que concluiu este ano o doutorado na LSE.

A pesquisa, ainda em andamento, foca em prefeitos de cidades brasileiras, segundo os autores, por causa do fácil acesso a dados que permitissem comparações adequadas.

Os primeiros achados do estudo indicam que prefeitos que se declararam empresários, comerciantes, vendedores e os que têm quotas ou participam da administração de empresas não são nem mais nem menos eficientes que seus colegas que vieram de outras áreas. "Empresários não produzem indicadores melhores. A princípio, se comportam como todos os políticos."

Os pesquisadores analisaram dados de candidatos eleitos prefeitos em cinco eleições, entre 2000 e 2016. Assim, selecionaram cerca de 200 a 300 municípios por eleição. Em nenhum dos cruzamentos, contudo, foram identificados sinais de que empresários no comando de prefeituras melhoraram as contas públicas.

O Professor Eduardo Mello disse à BBC Brasil ter se surpreendido com os resultados, pois acreditava que a experiência pregressa em administração poderia fazer uma diferença. 
"É uma premissa na qual os eleitores acreditam tanto", afirmou o pesquisador. "Mas parece que é um mito. Precisamos repensar quais são as habilidades que formam um bom prefeito."

Comentando a pesquisa, o sociólogo e cientista político Antonio Lavareda observa que a aposta eleitoral em um candidato que não se parece com um político tradicional é um fenômeno mundial que normalmente surge como resposta à uma crise política ou de representatividade.

"Toda vez que há uma crise política, é comum a busca por alternativas. Empresários e técnicos são beneficiados com esse discurso de não ser político e de saber administrar. Há ainda a crença, no imaginário do eleitor, de que um empresário rico não roubaria os cofres públicos porque já fez fortuna no mundo dos negócios."

Eduardo Mello, o coautor do estudo da LSE que avalia o desempenho de empresários no Executivo municipal, salienta que "o Estado não é uma empresa". O objetivo do Estado não é gerar lucro. Não tem clientes, mas precisa cuidar de cidadãos. E negociar com o Legislativo não é o mesmo que tratar com fornecedores".

Viver é Perigoso

JUÍZO MOÇADA !


Uma velha senhora foi para um safári na África e levou seu velho vira-lata com ela. 
Um dia, caçando borboletas, o velho cão, de repente, deu-se conta de que estava perdido.
Vagando a esmo, procurando o caminho de volta, o velho cão percebe que um jovem leopardo o viu e caminha em sua direção, com intenção de conseguir um bom almoço ..
O cachorro velho pensa:
- Oh, oh! Estou mesmo enrascado ! Olhou à volta e viu ossos espalhados no chão por perto. Em vez de apavorar-se mais ainda, o velho cão ajeita-se junto ao osso mais próximo, e começa a roê-lo, dando as costas ao predador. 
Quando o leopardo estava a ponto de dar o bote, o velho cachorro exclama bem alto:
- Cara, este leopardo estava delicioso ! Será que há outros por aí ?
Ouvindo isso, o jovem leopardo, com um arrepio de terror, suspende seu ataque, já quase começado, e se esgueirar na direção das árvores.
- Caramba! pensa o leopardo, essa foi por pouco ! O velho vira-lata quase me pega!
Um macaco, numa árvore ali perto, viu toda a cena e logo imaginou como fazer bom uso do que vira. Em troca de proteção para si, informaria ao predador que o vira-lata não havia comido leopardo algum.. .
E assim foi, rápido, em direção ao leopardo. Mas o velho cachorro o vê correndo na direção do predador em grande velocidade, e pensa :
-Aí tem coisa!
O macaco logo alcança o felino, cochicha-lhe o que interessa e faz um acordo com o leopardo. O jovem leopardo fica furioso por ter sido feito de bobo, e diz:
- Aí, macaco! Suba nas minhas costas para você ver o que acontece com aquele cachorro abusado!'
Agora, o velho cachorro vê um leopardo furioso, vindo em sua direção, com um macaco nas costas, e pensa:
- E agora, o que é que eu posso fazer ?
Mas, em vez de correr (sabe que suas pernas doloridas não o levariam longe...) o cachorro senta, mais uma vez dando costas aos agressores, e fazendo de conta que ainda não os viu, e quando estavam perto o bastante para ouvi-lo, o velho cão diz :
- Cadê o filho da puta daquele macaco? Tô morrendo de fome! Ele disse que ia trazer outro leopardo para mim e não chega nunca! 
Imediatamente o leopardo se esquiva, sai para longe do cachorro e devora o macaco.
Moral da história: não mexa com cachorro velho... idade e habilidade se sobrepõem à juventude e intriga.
Sabedoria só vem com idade e experiência.

( do meu amigo Zé Francisco)

Viver é Perigoso


NÃO É BEM ASSIM QUE ACONTECE


O jornalista norte-americano, Duane Bradley, autor do livro A Imprensa, sua Importância na Democracia, escreveu:

"A luta entre o governo e a imprensa é a melhor proteção das nossas liberdades".

São dele as palavras:

Um bom jornalista, que trabalha para um bom jornal, tem grande orgulho de estar ao lado da verdade contra tudo o mais.

Quando há uma notícia, a sua única preocupação é apurar a verdade na maior extensão e com a maior exatidão possíveis, sem pensar nas pessoas que talvez se ofendam, que possam ter o seu prestígio afetado, que melhorem de posição ou que escrevam uma carta indignada ao jornal.

Nenhuma consideração dessa ordem pode deter um jornalista na procura da verdade.

Se o governador do Estado está envolvido num escândalo, se o melhor amigo do jornalista é acusado de desonestidade contra o seu patrão, se um banqueiro foge com o dinheiro dos depositantes, há notícia - e a notícia é mais importante do que considerações de ordem comercial ou pessoal.

É por isso que se diz: "Um bom jornalista não tem amigos". 

Viver é Perigoso/2009

21 DE SETEMBRO - DIA DA ÁRVORE

Viver é Perigoso

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

CABRAL 45



Na campanha para prefeito do Rio em 1996 Sérgio Cabral tinha o slogan"meus valores são outros"

Viver é Perigoso

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

ERRAMOS MAS NÃO FOMOS NÓS


Não li a edição impressa do jornal Itajubá Notícias desta semana. Mas leio no resumo da edição eletrônica, onde o acesso é permitido a todos, postagem corrigindo informação fornecida pela Prefeitura Municipal de Itajubá.

Explica o jornal:

Diferentemente do que o Itajubá Notícias traz na edição impressa dessa quarta-feira, dia 20, as obras da construção da Vila Olímpica do Reborgeon e os asfaltamento nos bairros da Medicina e São Vicente, não foram retomadas. Essa informação tinha sido passada pela PMI na segunda feira, dia 18, depois de questionada pela reportagem do jornal. O Itajubá Notícias esteve nas obras nesta quarta-feira, dia 20, e nada foi constatado. 

Voltando ao início do imblóglio :

No dia 15 de setembro a PMI publicou a determinação de paralisação das obras de recapeamento de vias públicas e da construção da Vila Olímpica no Bairro do Reborgeon. Decisão provocada pela não autorização de início de obras pela Caixa Econômica Federal.

Resumindo: Interrompido o não oficialmente iniciado.

O jornal ainda informa, que as Ordens de Serviço não constam do site da Prefeitura. Também no Portal da Transparência do Governo Federal, consta que os dois projetos ainda não tiveram os recursos liberados.

Para um jornal da cidade, zero de informação. Para o outro, informação não procedente.

Viver é Perigoso


MAIS DO MESMO


Pelos seus destemperos, defesa de indefensáveis e ter lado, todos já conhecem bem o Ministro Gilmar Mendes. O pessoal não entende é porque ele gasta tanto tempo buscando comprovar isso.

Viver é Perigoso 

É A VIDA...



...Não estamos alegres,
é certo,
mas também por que razão
haveríamos de ficar tristes?
O mar da história
é agitado.
As ameaças
e as guerras
havemos de atravessá-las,
rompê-las ao meio,
cortando-as
como uma quilha corta
as ondas.

Maiakóvski

Viver é Perigoso


GISELE PARA PRESIDENTE


Viver é Perigoso

TRISTEZA - NOSSA ESCOLA


Incêndio ocorrido na madrugada de hoje. Auditório da Engenharia Elétrica da nossa Escola  - Unifei

Viver é Perigoso

EM PROCESSO DE CANONIZAÇÃO

Viver é Perigoso

terça-feira, 19 de setembro de 2017

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

OH ! MINAS GERAIS !


Lembram-se da ação da vigilância sanitária no Rock in Rio ? Pois bem, se aqui na terrinha, quando da intervenção municipal no Lafer e Xodó, os políticos mantiveram um prudente silêncio, lá longe, meio que estranhamente, o pessoal botou a boca no trombone. 

O presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Fábio Ramalho (PMDB-MG), promete fazer nesta quarta-feira, 20, um ato de desagravo contra a apreensão, pela Vigilância Sanitária, de queijos em pontos de venda de comida no Rock in Rio. "Como a vaca é sagrada para o indiano, em Minas temos o queijo como sagrado", disse o conterrâneo.

Ramalho está organizando um evento na Casa com degustação de queijos artesanais produzidos em seis regiões de Minas Gerais e levará os produtos ao Palácio do Planalto para o presidente da República em exercício, Rodrigo Maia (DEM-RJ), experimentar. O parlamentar também convidou chefs de cozinha brasilienses para comparecer ao ato.

O "embate dos queijos" foi deflagrado pelo deputado mineiro após a Vigilância Sanitária carioca aplicar 41 multas e inutilizar 610 quilos de alimentos nos três dias do festival. Foram jogados no lixo sanduíches, queijos, linguiças, embutidos, cogumelos, churros, carne de sol, especiarias e hambúrgueres considerados impróprios para consumo.

Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA

Banksy

Para os poucos que não sabem, Banksy é o pseudônimo de um artista pintor de graffiti, pintor de telas, ativista político e diretor de cinema britânico. 
A sua arte de rua satírica e subversiva combina humor negro e graffiti feito com uma distinta técnica de estêncil. 
Seus trabalhos de comentários sociais e políticos podem ser encontrados em ruas, muros e pontes de cidades por todo o mundo. O trabalho de Banksy nasceu da cena alternativa de Bristol, e envolveu colaborações com outros artistas e músicos. 
Informações dão conta que, Banksy nasceu em 1974 em Bristol (Inglaterra), onde também foi criado.  
Conhecido pelo seu desprezo pelo governo que rotula graffiti como vandalismo, Banksy expõe sua arte em locais públicos como paredes e ruas, e chega a usar objetos para expô-la. 
Banksy não vende seus trabalhos diretamente, mas sabe-se que leiloeiros de arte tentaram vender alguns de seus graffitis nos locais em que foram feitos e deixaram o problema de como remover o desenho nas mãos dos compradores.

Viver é Perigoso

O ROMÂNTICO


"Há uma variedade enorme de homens cujo olho inevitavelmente exagera o que vê, cujo o ouvido ouve mais do que a orquestra toca e cuja imaginação duplica ou triplica as informações captadas por seus cinco sentidos. É o entusiasta, o crédulo, o romântico. É o tipo do sujeito que, se fosse um bacteriologista, diria que uma mísera pulga é do tamanho de um cachorro são-bernardo, tão bela quanto a catedral de Beauvais e tão respeitável quanto um professor de Yale."

H.L.Mencken

Viver é Perigoso

PAU DE SEBO

Pesquisa eleitoral realizada distante da eleição serve muito para mostrar em quem as pessoas não irão votar. 
Trata-se do velho e conhecido: "eu ainda não sei em quem irei votar, mas em quem não votarei já tenho certeza". 
Os números chegam a provocar pânico nos candidatos e assessores. Só milagre para reverter rejeição.
Dramático o levantamento feito pela CNT/MDA, que aponta:

Lula da Silva, já condenado, leva uma rejeição de 50,8%.

Jair Bolsonaro, carrega uma rejeição de 52,2%.

Geraldo Alkmim, leva no lombo, 56%.

Marina Silva (a sumida), sustenta a rejeição de 52,2%

João Doria, segue firme com 53,6% de rejeição

Ciro Gomes, não decepciona, com rejeição de 64,2%.

Aécio Neves, situa disparado na dianteira com rejeição de 72,5 %

Assustador vem a ser o desempenho pessoal de Michel Temer. Respirem fundo: 84,5% desaprovam o desempenho do presidente.

Um retrato bem tirado, mostrando o quanto a população está satisfeita com seus políticos. E é geral. Começando por vereadores, passando por prefeitos, deputados, governadores, senadores e Presidente da República. Melhor seria começar tudo de novo.

Viver é Perigoso 

OH ! MINAS GERAIS !


A ex-presidente Dilma Rousseff pode ser candidata ao Senado por Minas Gerais. Nascida em Belo Horizonte, mas com atuação política em Porto Alegre (RS), Dilma já foi oficialmente procurada pela direção do PT mineiro para tratar do assunto. 
De acordo com a presidente da legenda no estado, Cida de Jesus, a ex-presidente tem pontuado bem para a disputa pelo Senado nas pesquisas internas.

Blog: Prá pensar: O PMDB é parceiro do PT em Minas Gerais. Sempre caminharam lado a lado. O Prefeito Municipal de Itajubá, em recente entrevista ao jornal IN, disse do seu interesse em disputar uma suplência para Senador. Pintou o quadro.

Viver é Perigoso

PALOCCI FORA DO PT

Viver é Perigoso

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

PER CATALUNYA ! - PELA CATALUNHA !

Previsto para acontecer no próximo 1º de Outubro, o referendo quando os catalães decidirão sim ou não a questão:

"Você quer que a Catalunha seja um País independente sob a a forma de uma República ?

Sr. João Marinez Ripoll e Dona Francisca Riera, vindos de Barcelona, na Catalunha, chegaram ao Brasil em 1894, com os filhos Jayme, José, Elvira (nasceu durante a travessia do Atlântico) e Josepha. No Brasil, nasceram Loreto e Francisca. Mariano havia tomado o barco, com muita antecedência, ainda menino, em Barcelona.

A Catalunha já existiu como Estado Independente durante a idade média. O independentismo catalão assenta-se no princípio de que a Catalunha é uma nação, aludindo à sua história, cultura, língua própria e direito civil, e afirma que esta não alcançará a sua plenitude cultural, social e econômica enquanto fizer parte da Espanha.

A Constituição espanhola já reconhece o povo catalão como uma nacionalidade histórica, o que lhes garante um grau de autonomia frente ao governo central de Madrid

O governo espanhol é contra a realização do referendo alegando que se trata de um processo inconstitucional. A carta magna do país garante a unidade territorial, e antes que um processo separatista avance, a Constituição precisaria ser reformada para permiti-lo. 

O Ato foi declarado ilegal pelo Tribunal Constitucional Espanhol e o Primeiro Ministro  Mariano Rajoy, reitera que não haverá referendo e ameaça com prisões.  Outra estratégia do governo para "afogar" o referendo, foi congelar os 1.400 milhões de euros/mensais, normalmente repassados para a Catalunha.

Embora pesquisas indiquem que a maior parte dos catalães é contra uma separação (48,5% contra 44,3% a favor), a vontade de decidir isso localmente por meio do voto é generalizada.

Lluís Companys, foi um político e advogado catalão, de ideologia catalanista e republicano, líder de Esquerda Republicana da Catalunha e presidente da Generalitat da Catalunha desde 1934, durante a Guerra Civil Espanhola. 
Exilado após a Guerra Civil, foi capturado por um agente da polícia franquista que colaborava com a Gestapo. Foi extraditado à Espanha, torturado, submetido a uma farsa de Conselho de Guerra e fuzilado.
“Per Catalunya!”, bradou um momento antes de perder a vida, em 1940, nas mãos do pelotão de fuzilamento.

Viver é Perigoso

PRESENTE DO JANOT

Viver é Perigoso

UM HOMEM DE VALOR


Manoel Zaroni Torres, para os amigos, simplesmente Mané. De Maria da Fé e formado pela nossa Escola.

Foi lançado no final de agosto o livro "Foco nas Pessoas, Olhos no Futuro", escrito pelas jornalistas Duda Hamilton e Núbia Silveira. O livro conta a história do Mané, que fez carreira no setor elétrico brasileiro sendo reconhecido internacionalmente como um dos mais importantes executivos do País e do mundo. Zaroni, chegou a ser considerado o quarto melhor da América Latina e o 29.º do mundo. 

Depois de formado em Engenharia Elétrica, Zaroni trabalhou em apenas duas empresas: Furnas, onde chegou como empregado do Laboratório de Medidas Elétricas e Eletrônicas e saiu como superintendente de produção. Depois de Furnas, foi para e Gerasul/Tractebel, hoje ENGIE Brasil Energia, onde chegou em 1998 para ser diretor de operação e nove meses depois assumiu como presidente.

Em 17 anos no cargo, Zaroni elevou o valor de mercado da empresa de R$ 800 milhões em dezembro 1999 para R$ 25 bilhões em julho de 2016. Nesse período, o parque gerador cresceu 89% em capacidade instalada e os ganhos dos acionistas multiplicaram-se 67 vezes. Em 30 de junho de 2016, ele entregou o cargo a Eduardo Sattamini.

Hoje aposentado, Zaroni ainda faz parte do Conselho Administrativo da ENGIE Brasil Energia e de outras duas empresas. Também é sócio da filha em lojas de calçados. Atualmente, divide seu tempo entre os conselhos corporativos, as netas, os filhos e viagens com a mulher e amigos.

O livro, em suas mais de 200 páginas revelam um meticuloso trabalho de pesquisa, que abrangeu 78 entrevistas ao longo de sete meses, além de consultas a jornais de época, fotos e outros documentos de arquivos públicos e privados. O resultado é uma biografia densa, mas de fácil leitura, que narra as conquistas e tensões de uma vida extraordinária, entrelaçando-as com episódios marcantes para o sistema energético nacional.

A valorização da equipe, a postura ética e a preocupação socioambiental são algumas das suas qualidades mais lembradas pelos amigos e colegas. O livro é organizado em três partes. A primeira aborda o lado profissional. A segunda parte é dedicada à vida pessoal – antepassados, estudos, família e amigos. Por fim, uma linha do tempo resume os pontos mais importantes da vida deste mineiro de Maria da Fé.

Viver é Perigoso

FHC FALOU E DISSE !


Não tem como não aceitar a resposta do Sr. FHC ao questionamento feito pelo jornal El País.

Muitas pessoas falam de que esta é a pior crise política que o Brasil já viveu. O senhor concorda?

Houve muitas crises sérias: o suicídio de Getúlio Vargas, o Governo de João Goulart, o golpe militar, a campanha pelas Diretas já. Não são novidade essas trepidações na nossa vida política. 
Qual é a grande diferença? 
No passado você tinha o outro lado organizado para substituir. Agora não tem. 
Não se sente que exista um outro lado com um projeto claro e que a população diga: ‘é por aqui que eu vou’. A população está desconfiando de tudo e todos, está afastada, não estão acreditando em nenhum lado. É uma situação de crise grave. 
Segundo lugar: o que houve de fragmentação dos partidos é inédito, nós temos quase 30 partidos no Congresso. Isso não é possível, não existe isso em nenhum lugar. Está difícil a situação. 
De fato, eu nunca vi uma crise assim, tão sem se perceber para onde é que vamos. Mas agora as instituições melhoraram. Você no passado sempre estava pensando quem era o general. Agora você não sabe o nome de nenhum general, mas sabe o nome de todos os ministros do STF. Nem tudo foi perda. 
E há outra questão que os políticos não dão muita importância: aqui não tem que ter só a mudança das instituições, da economia... mas da cultura, a nossa cultura não igualitária, não democrática, de privilégios. 
E isso custa muito mudar

Fernando Henrique Cardoso - El País

Viver é Perigoso
.

domingo, 17 de setembro de 2017

VOU SEGUINDO PELA VIDA

Conheci hoje um pequeno oásis na internet. Indico o caminho para os amigos. Sigam direto o Blog www.vouseguindopelavida.com. Cuidado pelo admirado Cel Remy. Homem de bem, escrita sem atalhos, e responsável por uma família maravilhosa, que sempre nos encantou. 
Viver é Perigoso

Pequenas estórias

TODO MUNDO COME UM FRANGUINHO NO DOMINGO...

Neguinho, como é conhecido, foi um bom funcionário. Saudável, forte, alegre e brincalhão.
Querido por todos. Mas a AIDS acabou com ele, passando a viver de esmolas e doações.
Domingo, enquanto eu cuidava do jardim, apareceu o Neguinho me contando casos e se preparando para pedir alguma coisa, como sempre fazia.
Nem de longe parecia aquele que eu conheci. Esquelético, tremendo, encurvado, quase um farrapo. Depois de muita conversa me diz: - Chefe, todo mundo come um franguinho no domingo e eu tenho uma vontade enorme de também poder comer um. O senhor me dá um franguinho ? Custa só R$ 19,00.
Nem precisei responder. Minha esposa que escutava tudo, meio chorosa com a sinceridade do moço, já veio com uma nota de 20 e entregou ele.
Neguinho abriu um sorriso e saiu pulando de alegria. Só ouvi ele dizer que traria o troco.
Daria tudo para vê-lo desfrutando aquele franguinho de domingo...
Neguinho morreu atropelado na rodovia semanas depois.


Vou Seguindo Pela Vida

EQUILIBRANDO

Viver é Perigoso

TEMPOS COMPLICADOS


"Em tempos extraordinários, mais vale uma atabalhoada busca da coisa certado que uma competente defesa da coisa errada"

Paulo Guedes (citado pelo Roberto Pompeu de Toledo)

Viver é Perigoso

FAZENDO ESCOLA


Maiores informações na nossa edição da próxima semana:

Uma ação da Vigilância Sanitária impediu que a chef Roberta Sudbrack comercializasse cerca de 160 kg de linguiças e queijos artesanais em seu estande no Rock in Rio.

Os alimentos eram provenientes de pequenos produtores que não possuíam o selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF), chancela obrigatória para a comercialização de ingredientes de origem nacional.

O episódio ocorreu na noite desta sexta-feira (15) e veio à tona após a chef manifestar sua indignação em um post nas redes sociais.

"Os fiscais invadiram meu estande e entenderam que não era um produto que poderia ser comercializado. Até aí tudo bem, mas pedi para que 160 kg de comida de boa qualidade, comida que já vendi no meu restaurante, não fossem jogados fora", disse. ​Segundo a chef, os fiscais arrancaram as embalagens e jogaram os alimentos no lixo, inviabilizando o consumo.

Sudbrack afirma que preencheu uma ficha técnica de procedência dos produtos e os submeteu para a análise do setor alimentício do Rock in Rio, que deu o aval para a venda. "Inclusive nos elogiaram", disse.

"Eu já gastei mais de R$ 200 mil para participar, contratar pessoas para participar de uma operação. Eu não sou louca, não faria uma coisa irresponsável comigo e com a minha empresa em tempos difíceis".

Segundo Sudbrack, poucos produtores conseguem adquirir o selo e o procedimento para consegui-lo não é claro. "Eu trabalho com esses fornecedores há pelo menos 20 anos, eu não acordei semana passada e resolvi usar seus produtos". (Folha de São Paulo)

Viver é Perigoso

PORQUE HOJE É DOMINGO


Então, disse Jesus aos judeus que haviam crido nele: “Se permanecerdes na minha Palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”

João 8: 31 e 32

sábado, 16 de setembro de 2017

ESTRANHO SAQUE !



O tenista argentino Renzo Olivo protagonizou uma das jogadas mais estranhas do história do tênis. Durante sua partida no ATP Challenger de Szczesin (Polonia), diante do japonês Taro Daniel.
Renzo perdeu por 2x0.

Viver é Perigoso