sexta-feira, 4 de agosto de 2017

TOMOU O BARCO



"Se alguém quer matar-me de amor, que me mate no Estácio".

Lá pelos anos 70, chegando ao Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, muito adiantado para participar de uma reunião, pedi para o motorista de taxi:
- Me leve ao Estácio. Em qualquer rua, mas no Estácio. Conheci o Estácio.

Fui levado pelo Luis Melodia, antiga paixão musical e presença constante no Blog "Viver é Perigoso".

Luiz Carlos dos Santos, simplesmente, Luiz Melodia. Uma pérola Negra. Tomou o barco aos 66 anos, hoje no Rio de Janeiro.

Viver é Perigoso 

Nenhum comentário: