domingo, 20 de agosto de 2017

STARTUPS !


A reportagem publicada no jornal "O Estado de São Paulo" de hoje, provoca uma animada geral e um, ainda tímido, sentimento de orgulho.

Minas Gerais supera o Rio de Janeiro e vira celeiro de nova startups (empresas de tecnologia em estágio inicial". Com destaque para Belo Horizonte, Juiz de Fora, Uberlândia e Itajubá e Santa Rita do Sapucaí, nos casos, graças a Universidade Federal de Itajubá e o Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel.

Citada na reportagem, a Agrosmart, que nasceu em Itajubá, mas teve de ir para Campinas arranjar capital. Hoje, 28 pessoas da equipe ficam na cidade paulista e só 3 em Itajubá. Diz a cofundadora, Mariana de Vasconcelos: 
- É importante se manter em Minas, senão a região não se desenvolve.

Todos sabem o descaso com que o setor é tratado pela Administração Municipal. Por birra política e pessoal, o Executivo suspendeu ajuda às Incubadoras de Empresas.

O governo de Minas tem incentivado as startups. O programa Seed acelera 40 startups por ano. Criado em 2013 e congelado em 2015, foi reativado. Ele oferece R$ 80 mil para cada startups. Em troca, as empresas ajudam outros empreendedores.

Em setembro, começa outro projeto, que ensinará empreendedorismo para alunos do ensino médio de 120 escolas. O orçamento é de R$ 4,5 milhões e a meta é atingir 20 mil alunos por semestre até o fim de 2018.

Viver é Perigoso  

4 comentários:

Anônimo disse...

Riera, boa tarde.
Bom domingo por ai.
Olha você esta exigindo muito de nossos políticos da terrinha. Se eles tem um pouquinho de competência para fazer um parquinho municipal com pedalinhos e lanchonetes, enfim, tudo bem; até que ta bunitinho....agora, querer conversar sobre PARQUE TECNOLÓGICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA, Startups, é exigir demais desta gente.
Assisti uma reunião da comissão de C&T presidida por um vereador, coisa tão medíocre que realmente desanimei, ai você começa a ver os senhores parlamentares, tanto legislativo como executivo, nas secretarias, nas comissões especificas da camara, de saúde, constituição, educação etc, realmente não tem condições nenhuma para conversar sobre os assuntos, o próprio presidente da CM não sabe o que é inovação, economicidade, por favor....
O que podemos esperar é o "arroz com feijão e angu" e claro um "caroço" no meio de vez enquanto pela goela exacerbada desta gente que esta la apenas defendendo suas mordomias e salários, é assim hoje e será assim amanhã!
Lamento é ver os obstinados pelo quanto pior melhor e quem perde é a cidade pois não fazem nada mais do que prejudicar qualquer coisa boa ou ruim.
A politicagem pequena tomou conta; a INCIT que você cita ai já deveria estar caminhando sozinha ha tempos, tem muitas tetas também, numa analise mais profunda ja deveriam estar no lucro,vão ficar passando a sacolinha até quando? Virou rotina.
Alias tempos atrás assisti um vereador(macaco veio)esculhambando o secretario de indústria, criticando que no orçamento da secretaria havia um valor minimo para investimento em uma determinada area; o coitado ficou sem saber o q dizer; claro que foi maldade pois sabemos que estas fichas são suplementadas conforme a necessidade, mas só para ilustrar que o que querem é realmente não trabalhar devidamente para a pobre da nossa terrinha.
Mas por aqui, em SJC, as coisas também estão difíceis.Tempos difíceis!
Abraços

Ex-Aluno

Edson Riera disse...

Ex- Aluno,

Concordo que as coisa estão complicadas. Itajubá já foi vanguarda. Também sou levado a concordar que estamos sonhando com muito.

Vamos tocar com um arrozinho com feijão.

Zelador

Anônimo disse...

aqui em vez de startups temos "backups".
Descrente.

Edson Riera disse...

Descrente,

Já estou quase desanimando e ainda vem você dar essa "força".

Zelador