terça-feira, 27 de junho de 2017

ADAPTAÇÃO - O LÍDER REVOLUCIONÁRIO


Há muito tempo viveu um homem revolucionário, o  Comandante Inácio.  Era muito valente e jamais teve medo diante de um inimigo e das forças de repressão.
Certa vez, discursando num comício em São Bernado do Campo, em plena ditadura, um companheiro viu que se aproximava um comando do exército.
O comandante Inácio gritou:
- Tragam-me minha camisa vermelha!
E vestindo-a ordenou aos seus homens:
- Cerrem fileiras, vamos enfrentá-los !
Uns dias mais tarde, em uma manifestação no portão de uma fábrica, outro companheiro viu aproximando uma patrulha do exército e um pelotão da polícia militar.
O líder revolucionário Inácio pediu novamente sua camisa vermelha e a vitória voltou a ser sua.
Nesta mesma noite, seus homens perguntaram porque ele sempre pedia a camisa vermelha, antes de encarar as forças da repressão, e o grande líder respondeu:
- Se sou ferido em combate, a camisa vermelha não deixa ver meu sangue, e assim os meus camaradas continuam protestando sem medo.
Todos os homens, diante daquela declaração, ficaram em silêncio e maravilhados com a coragem de seu capitão.
Logo no amanhecer do dia seguinte, um companheiro viu que se aproximava um grupo de procuradores do ministério público tendo a frente um juiz conhecido por Moro e de quebra um policial federal japonês.
Toda os manifestantes dirigiram, em silêncio, os olhos para o comandante Inácio, que, com a conhecida voz rouca, sem demonstrar nenhum medo gritou:

- Tragam-me minha calça marrom !

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: