quarta-feira, 22 de março de 2017

UM DIREITO A MENOS


Olhando para o difícil momento atual a mudança pode até parecer uma providência interessante. Mas a médio e longo prazo, na certa, será usada em desfavorecimento ao trabalhador.

Aliás, o que os senhores políticos fazem bem ?

"A Câmara dos Deputados aprovou o texto-base do projeto que libera a terceirização do trabalho e também altera as regras para contratação temporária. O texto  segue para a sanção do presidente Michel Temer.
O projeto permite a terceirização inclusive das atividades-fim das empresas e amplia de três meses para até nove meses o período dos contratos temporários – seis meses, renováveis por mais três."

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: