quinta-feira, 2 de março de 2017

QUEIMANDO O PATRIMÔNIO


Continuam errando e desfazendo de importantes imóveis pertencentes ao município do Itajubá, ou seja, do povo.
Segundo o Edital de Concorrência Pública 01/2017, no dia 8 de março, a prefeitura vai tentar vender mais uma série de imóveis.

Os responsáveis pela Administração Municipal, que num passado próximo, execraram publicamente o então Prefeito Dr. Jorge, por ter apenas pensado em desfazer do prédio, onde funcionou a Cabelte, pertencente ao município, segue queimando em leilões o patrimônio público.

A insistência da Prefeitura de Itajubá em se desfazer de imóveis do município vem dando o que falar. Somente uma situação desesperadora poderia justificar a venda de prédios e terrenos do município. Imaginamos não ser o caso.

Não aceitamos, nós conservados dinossauros, e temos nos manifestado sobre o assunto no decorrer dos tempos, o simples desfazer de bens públicos para reforço de caixa.
Definitiva confirmação de incapacidade administrativa.

Até aceitaríamos, dadas as condições caóticas da economia brasileira, gestos e ações criativas, como a troca dos imóveis listados para venda por projetos de construção de creches, reformas integrais de escolas e obras de infraestrutura, tudo em operações casadas.

Pior é que todos já imaginam quem serão os compradores.

Administrar dilapidando o patrimônio...como diziam na Boa Vista, é claro, até a minha Vó.

Continuamos em oração.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: