quinta-feira, 30 de março de 2017

É A VIDA...

Surpresa não foi, mas que chocou a todos, sem dúvida. Assistir a Polícia Federal recolher 5 elementos, que atuavam como Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro. Dos 7 membros, um deles já se encontrava enrolado e tinha firmado Acordo de Delação. Sabe-se lá como, escapou um único Conselheiro, aliás, no caso, Conselheira.
Onde vão parar essas esculhambações, ninguém sabe.

Voltemos aqui para a terrinha, onde o pessoal no poder acusa aqueles que buscam e cobram informações que, obrigatoriamente, teriam que ser prestadas de pessimistas, derrotistas, invejosos, pregadores da desarmonia e o escambau a quatro.

Seriam quantos esses terroristas do desenvolvimento ? Meia dúzia, como repetido constantemente nas emissoras de rádio ?  Numa população próxima de 100.000, que estrago fazem esses 0,001% ! Sem acesso as regiamente compensadas emissoras locais e com apenas 4 representantes independentes na Câmara Municipal.

Fazem intriga, espalham inverdades ? Não ! Buscam informações que, em absoluto, poderiam ser tomadas com reservadas ou confidenciais. Não é assustador um município de tradições universitárias, já chamado de cidade luz, ter uma nota de 2,1 em transparência dada pelo Ministério Público ?

Transmite tranquilidade aguardar o julgamento de improbidade administrativa rolando pelos escritórios desde 2011 ? Não é preocupante aguardar o desfecho de diversos inquéritos abertos contra a Administração Municipal. Não gera apreensão assistirmos ao andamento de uma Operação Policial de monta ?

Não seria desarmonia forçar a saída da Fundação Mahle da Santa Casa ? Bater de frente com a Universidade Federal de Itajubá ? Tirar com a Aciei e CDL eliminando-as de participar do gerenciamento do estacionamento rotativo ? Ir contra todas as entidades e 82% da população promovendo o aumento para 17 vereadores ? Aterrar a Várzea do Ribeirão Piranguçu, agredindo ao meio ambiente, levando apreensão das indústrias face ao risco de alagamento ? Praticamente romper com o Governo do Estado processando Deputados, Delegado, Candidatos e o Governador ? Política de emprego zero ?

Não se trata de meia dúzia de cegos. Apoiam a PPP utilizada para construção do Teatro, apoiam a reforma da Praça Central, aplaudem o Restaurante Público e mesmo os festejos diversos promovidos. 

Muito do que passou, passou e não tem mais jeito. Mas amanhã, tenho certeza, a meia dúzia de "invejosos" poderá sair de braços dados, ao meio dia, pela Rua Nova conduzindo uma faixa em letras garrafais: "Vamos em Frente". 
Para isso basta escancarar, explicar, justificar todas as ações ora questionadas e que habitam o Jornal O Sul de Minas, as cartas da ONG TI, de blog marginal, de grupos do facebook e que constam de inúmeros requerimentos dos Vereadores independentes.

Sinceramente ? Continuo não acreditando em dolo e sim em desorganização e autoritarismo latente.

Viver é Perigoso  

Nenhum comentário: