quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

TUDO CERTO E NADA RESOLVIDO


O jornal "O Sul de Minas" noticiou no início do ano, com destaque, os altos valores recebidos pelo Prefeito e pelo seu Vice, quando do "acerto" de contas no final do ano. 
Teriam direito ao recebimento de férias e 13º salário ?
Em seguida, o vibrante jornal Itajubá Notícias, sempre com mais facilidade de acesso junto a Administração Municipal, na esteira da manchete, conseguiu informações sobre o assunto.
Um levantou a notícia e o outro buscou a versão oficial, sempre negada ao primeiro. Tudo dentro da normalidade local.
O importante é que o pagamento dos benefícios mencionados não poderia ter sido feito, uma vez que não existe Lei Municipal específica sobre o assunto, conforme já decidido pelo STF. 
Lógico, que a tropa de choque do Executivo na Câmara Municipal irá providenciar um ajuste na Lei. 
Como lei, segundo ando lendo, não retroage, a saída é a devolução urgente dos valores pagos e recebidos a mais.   
Lógico, que corrigidos. Não fará falta para ninguém, exceto um arranhãozinho na vaidade.

Viver é Perigoso 

Nenhum comentário: