quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

SONHO GRANDE


Deveria ser leitura obrigatória para os jovens cursando a universidade e pensando na vida. Na minha maneira simplista de ver, não para se empolgarem, mas para tomar conhecimento de como a coisa funciona e, possivelmente, sentirem desafiados ou assustados, com o estilo de gestão das empresas dos homens mais ricos do País.
"Sonho Grande" - livro hipnotizante escrito pela Cristiane Correa, mostra como Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira, viraram de pernas para o ar o capitalismo brasileiro e conquistaram a admiração do mundo. Começaram no Banco Garantia e são donos das Lojas Americanas, Ambev, Budweiser, Burger King e Heinz. Hoje, olham com cobiça, acreditem, para a Pepsi e Coca-Cola.
Conseguiram atingir os seus objetivos (raros os fracassos).
Escolheram e continuam a caçar para integrar o time, os mais frios, dedicados, ambiciosos e preparados. Implantaram nos seus negócios uma forma de gestão implacável, sugadora, onde não há espaços para desempenhos normais. 
Meritocracia selvagem. Aqueles que se convertem e seguem a doutrina com fervor, superando as estratosféricas metas estabelecidas pelas empresas, podem fazer fortuna com o recebimento de bônus e ações.
Milhares se apresentam anualmente como candidatos. Poucas dezenas são escolhidos. Centenas são sumariamente desligados,anualmente, por não rezar conforme o catecismo capitalista.
Mundo implacável e sem sentimento.
É a vida...
Leiam, afinal, como diz o próprio mago capitalista, Jorge Paulo Lemann:
"Ter um sonho grande dá o mesmo trabalho que ter um sonho pequeno".  

Viver é Perigoso 

Nenhum comentário: