terça-feira, 3 de janeiro de 2017

ESTAMOS APENAS NO TERCEIRO DIA

Incentivado por sinceras e belas mensagens recebidas de grandes amigos, tomei a decisão de ser otimista no ano que se inicia. 
A doce alienação durou até a manhã do primeiro dia, após tomar conhecimento do massacre de Istambul, da loucura acontecida em Campinas, do desatino em Nova Iguaçu, da revolta no Presídio de Manaus, do voo de helicóptero oficial do Pimentel, do balanço sobre os mais de 12 milhões de desempregados, do anúncio sobre as novas equipes administrativas municipais e as declarações dos eleitos.

Para completar, as publicações com entrevistas de eminentes economistas prevendo no mínimo mais dois anos de apuros.

Ainda não foram consideradas a posse no Trump no dia 20 de janeiro e nem o término das férias parlamentares e forenses. 

Caí na real !

Estivesse ainda entre nós, minha amada Vó Virgínia, uma mulher que vivia debruçada na "PALAVRA" estaria dizendo:
Prepare-se meu filho, estamos presenciando o final dos tempos. 
Faz todo o sentido.

Li outro dia na Internet, que se não dermos sempre de topo com o diabo, possivelmente estaremos caminhando na mesma direção do Tinhoso, como dizia o conterrâneo, Padre Léo.

Não diria que me comportarei como um pessimista. Mas não deixarei de ser um realista, e considerando as informações e experiência, com viés negativo.

É a vida...

Viver é Perigoso


    

Nenhum comentário: