quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

VERGONHA !


A Odebrecht e seu braço petroquímico, a Braskem, admitiram à Promotoria norte-americana a responsabilidade pelo pagamento das propinas, de 2001 até este ano, de cerca de 439 milhões de dólares em 11 países fora do Brasil, sendo 9 deles latino-americanos.

As duas empresas chegaram a um acordo para pôr fim ao processo em curso nos Estados Unidos, Brasil e Suíça mediante uma multa de 3,5 bilhões de dólares –a mais elevada da história para esse tipo de caso.

A Odebrecht, utilizou sociedades fantasmas e contas bancárias em diversas partes do mundo para gerenciar as propinas pagas a funcionários ou intermediários, com as quais procurava garantir uma “vantagem imprópria” em relação a seus concorrentes, segundo os documentos da investigação.

O país latino-americano em que o grupo fez mais pagamentos irregulares foi a Venezuela (98 milhões de dólares), seguida da República Dominicana (92 milhões). Fora da América Latina, a Odebrecht também corrompeu funcionários em Angola e Moçambique. 

No caso do Brasil, os pagamentos giraram em torno de pelo menos 349 milhões de dólares (1,2 bilhão de reais).

Na Argentina, 35 milhões de dólares. No México, os pagamentos somaram 10,5 milhões de dólares. Na Colômbia, 11 milhões de dólares. No Peru, 29 milhões de dólares.

Viver é Perigoso

RETRATO DO MOMENTO


Aconteceu na Diplomação do Eleitos de Itajubá na última segunda-feira, Dois cidadãos, civilizadamente se cumprimentando. Adversários políticos ferrenhos, ou talvez até mesmo inimigos. Já estiveram do mesmo lado da trincheira em eras jurássicas. 

Para Itajubá será interessante uma convivência profissional, quando no cumprimento de suas funções.  

Fosse o Rodrigo Riera um político americano, estaria lascado junto dos meios de comunicação e dos seus eleitores. Mas ele é jovem e tomará consciência que jamais se deve baixar o olhar ante a um adversário.

Nenhum de nós é ingênuo para acreditar que o Vereador Chico, com toda a sua experiência, não cumprirá com firmeza o dever de fiscalizar o Executivo. Como ninguém acredita que o Grupo Político do Prefeito irá sossegar enquanto tiver uma última bala para tentar destituir o Chico do cargo.

Vamos adiante, a cidade e seus habitantes são maiores e mais importantes do nós, políticos e críticos rabugentos.

De tédio, não morreremos.

Viver é Perigoso 

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso