quarta-feira, 23 de novembro de 2016

LIVRO LEVE


Ajeitando os livros, na Boa Vista, é claro, dei de cara com "O Rabo do Prefeito Prefeito", do Ney Freitas, da Editora Solivros, lido em 02/8/2000. Numa rápida relida a constatação de que continua atual.
 
"Como classificar este delicioso texto? Sim, porque, se notar que de imediato o palco e os personagens são fictícios, o mesmo não se dizer do enredo. Este conduz à realidade do cotidiano, infelizmente recheado de casos de improbidade administrativa e malversação do bem público praticadas por quem tem a obrigação de zelar por ele. Somente a forma bem humorada com que o autor cria uma ficção a partir de fatos do dia-a-dia nos permite sentir prazer na leitura de um texto que, se estampado em jornais, ofende nossa dignidade como cidadãos, levando a desejar que fosse o inverso: o enredo, ficção; o palco e os personagens, reais."

Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA

Pierre Bonnard
Viver é Perigoso

BRAS...ILHA DA FANTASIA

Viver é Perigoso