sábado, 19 de novembro de 2016

O JUÍZO SE FOI MOÇADA !


Por falta de aviso não foi. A Assessoria Jurídica da Câmara recomendou o adiamento da análise do Projeto do Executivo, apresentado em regime de urgência à Câmara Municipal, para pagamento de retroativo de salário aos Agentes Comunitários.
O Executivo e os Vereadores atuaram ao arrepio da lei. Daí, a entendível e apropriada denúncia feita pelo Ministério Público junto a Justiça Eleitoral.
Dificilmente os mencionados  sairão ilesos do Processo. Que pode e deve ter provocado turbulências eleitorais, sem dúvida. Afinal, foram centenas de funcionários, felizes e reconhecidos, visitando residências no período imediatamente anterior ao pleito. 

"...Assim sendo, sugerimos que o presente Projeto fosse proposto após o pleito eleitoral, a fim de se evitar questionamentos que poderiam ensejar a suspensão do ato, multas e até mesmo cassação do registro de candidaturas e de diplomas, tudo em conformidade com a Lei nº 9.504/97 (Lei das Eleições)...)

Itajubá- MG O7/Junho/2016 
Assessoria Jurídica da Câmara Municipal de Itajubá 

Viver é Perigoso

DEVOLVE O CAIXOTE DELE, LULA !

Viver é Perigoso